02.03.2018  /  13:27

Zé Celso sobre nova montagem de “Roda Viva” de Chico Buarque: “Pode vir quente que eu tô fervendo”

Zé Celso no show do Chico Buarque || Créditos: Bruna Guerra

Zé Celso foi conferir o show de estreia da turnê “Caravanas” de Chico Buarque em São Paulo e saiu de lá cheio de ideias. Além de prestigiar o amigo, o dramaturgo foi a trabalho já que está envolvido com a nova montagem de “Roda Viva”: “Quero ver o Chico pra criar a peça a partir desse show”. Roda Viva (1967) foi a primeira peça criada pelo cantor e compositor, e é considerada “bonita e jovem” por Zé Celso, que dirigiu sua primeira montagem em 1968. “Quero ver se ele [Chico] me autoriza colocar até ‘Caravanas’ na peça”, completou Zé, que ainda está à procura de patrocínio esse projeto.

Do alto de seus 80 anos, o ator e diretor segue no maior pique, sempre batalhando para manter seu Teatro Oficina. “Tô morrendo? Tô morrendo nada! Tô mais vivo que nunca e o teatro também. Hoje começa meu inferno astral, vou fazer 81 no dia 30 [de março], e tô vivo e criando.”

E a essa altura da vida, Zé Celso fica indignado com o que anda ouvindo por aí sobre o teatro. “Há um esquecimento absoluto da realidade a respeito do que é o trabalho da arte.” Questionado sobre como fazer esse cenário mudar, disparou: “A gente tem que brigar muito, mas artista é bom de briga, não tem problema. Pode vir quente que eu tô fervendo.”

Além da montagem de “Roda Viva”, Zé Celso também está envolvido com a turnê da peça “O Rei da Vela”, de Oswald de Andrade, que apresentou mês passado no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, e pretende levar a outras cidades. Aguarde!