20.10.2015  /  11:03

Yoná Magalhães morre aos 80 anos no Rio de Janeiro

Tapas e Beijos
Yoná Magalhães || Créditos: TV Globo

Yoná Magalhães morreu nesta terça-feira aos 80 anos. Desde 18 de setembro, ela estava internada na Casa de Saúde São José, na Gávea, no Rio. Ela estava na CTI do hospital por causa de problemas cardiológicos. Yoná fez parte do primeiro elenco da TV Globo. Ela foi contratada em 1965, quando protagonizou a novela “Eu Compro Esta Mulher”, em 1966. Na novela, formou o primeiro par romântico de sucesso da emissora com o ator Carlos Alberto.

Yoná entrou para a vida artística sem querer. A ideia era ajudar a família quando o pai ficou desempregado. Começou fazendo papéis menores e pontas na década de 1950, até que consegui um contrato com a Rádio Tupi. Depois começou na TV e participou de novelas e do Grande Teatro da TV Tupi. Em 1964 chegou a montar sua própria companhia de teatro.

Na Globo também participou de novelas como “Roque Santeiro”, “O Outro” (1987), “Despedida de Solteiro” (1992), “Anjo de Mim” (1996), “Era uma Vez…” (1998) e “Vila Madalena” (1998), “Senhora do Destino” (2004), “Paraíso Tropical” (2007), “Negócio da China” (2008), “Cama de Gato” (2009), e “Sangue Bom” (2013). Entre as minisséries estão “Grande Sertão: Veredas” (1985) e “Engraçadinha… Seus Amores e Seus Pecados” (1995). Na galeria, um pouco dos trabalhos de Yoná.