22.05.2015  /  8:05

Yasmin Brunet fala sobre “book rosa”, cenas picantes e críticas negativas

Verdades Secretas
Yasmin Brunet || Créditos: TV Globo/ Divulgação

Alessandra Ambrosio não é a única modelo estreando como atriz em “Verdades Secretas”, próxima novela das onze da Globo. Yasmin Brunet está no mesmo barco. Ela interpreta… Uma modelo, mas dessas que topam fazer “book rosa”, ou seja, se prostituir. “Pra mim, cena picante é a mais divertida. Isso por ser longe da minha vida [logo de cara, nos primeiros capítulos, ela dá uma mega lambida em uma ‘colega de trabalho’]. Essas meninas são viciadas em dinheiro, não conseguem parar. Muito triste a vida que levam, mas são boas pessoas, o que a gente não imagina. Já vê com pré-julgamento. Mas das que conheci, gostaria de ser a melhor amiga. Elas são boas na essência, só caíram no lugar errado. Cada uma tem sua necessidade.”

* “Claro que existem mesmo essas coisas no mundo da moda. Já me fizeram proposta, não tão direta, mas desse gênero. Mesmo sabendo que sou casada [com Evandro Soldati]. Se ele está com ciúme por causa do papel? Ele já sabia desde o começo e deve ter imaginado coisa até pior do que vai rolar. Quando o coração não vê, a gente imagina pior. Mas ele também trabalha com mulheres lindas e sensuais. Eu estava querendo muito ser atriz, há muito tempo. Sobre a nudez, é sempre com uma luz maravilhosa, com um diretor que tem muito cuidado. Então não me preocupo.”

* Comentamos que sua mãe, Luiza Brunet, que também era modelo, confessou ter ficado com um bloqueio depois de se arriscar no remake da novela “Anjo Mau” e ter recebido muitas críticas com isso. Essa preocupação não passou para Yasmin? “Todo mundo tem medo de ser criticado. O que importa é fazer o melhor possível. Ninguém é unanimidade.” (por Michelle Licory)