06.04.2020  /  12:20

Woody Harrelson espalha “fake news” que liga a pandemia de Covid-19 com torres 5G

Woody Harrelson || Créditos: Reprodução

Woody Harrelson está entre os famosos que andam espalhando “fake news” sobre a pandemia de Covid-19 nas redes sociais. No caso do astro da franquia “Zumbilândia”, dia desses ele publicou no Instagram um texto supostamente assinado pelo professor emérito da Washington State University Martin Pall que se tornou viral no começo do ano e que atribui à radiação emitida por torres de telefonia 5G a proliferação do novo coronavírus mundo afora. Ainda no ar, a postagem dele recebeu quase 26 mil curtidas até agora.

Mas o que seria apenas mais história sem pé nem cabeça de internet se transformou em algo bem mais sério na semana passada, quando torres de 5G das cidades de Birmingham, Liverpool e Melling, todas do Reino Unido, foram alvos de incêndios criminosos causados por pessoas que acreditam tanto quanto Harrelson na teoria conspiratória virtual.

Michael Gove, ministro de gabinete do Reino Unido (o equivalente britânico a um ministro da Casa Civil brasileiro), classificou os incidentes como “resultado de uma besteira perigosa” e “irresponsavelmente espalhada” em meios como o Insta e o Twitter. Outras celebs chegadas em teorias malucas, como Roseanne Barr, também compartilharam o tal texto, cujo conteúdo tem sido fortemente rechaçado por grandes cientistas e pesquisadores de vários países. (Por Anderson Antunes)

*

Abaixo, o post de Harrelson no Insta com o texto atribuído ao professor Pall: