06.10.2020  /  11:30

William teria feito de tudo para tentar impedir o casamento de Meghan Markle e Harry, de acordo com novo livro

Meghan Markle, Harry e William || Créditos: Reprodução

A carinha de bom moço do príncipe William pode ser um disfarce para esconder um lado extremamente manipulador do futuro rei da Inglaterra. Isso de acordo com as últimas matérias sobre o #Megxit publicadas pela imprensa internacional, que afirmam que o terceiro colocado na linha de sucessão ao trono britânico teria mexido seus pauzinhos nos bastidores para tentar acabar com a relação entre Meghan Markle e o príncipe Harry assim que percebeu que as coisas entre os então futuros duquesa e duque de Sussex estavam ficando sérias.

E para colocar ainda mais lenha na fogueira, um livro que acaba de ser lançado no Reino Unido – “Battlte of Brothers” (“A Batalha dos Irmãos”, em tradução livre), escrito pelo expert em realeza Robert Lacey – trata justamente desse assunto. Na obra, Lacey revela que Wills chegou a procurar o tio materno Charles Spencer para ajudá-lo na tarefa de persuadir seu irmão a não trocar alianças com Markle, o que acabou acontecendo em maio de 2018.

Spencer é um dos cinco irmãos da mãe dos dois príncipes, a princesa Diana, e de todos era o mais próximo dela. Depois da morte de Lady Di, em 1997, ele passou a ter uma relação mais forte com Wills e Harry, razão pela qual foi chamado a intervir na situação, o que acabou deixando o caçula do príncipe Charles irritadíssimo. A partir daí, conta Lacey em seu livro, os Sussexes acabaram se afastando aos poucos de toda a família, o que teria sido um dos motivos que os levaram a resolver dizer um adeus para a monarquia mais famosa do mundo. (Por Anderson Antunes)