08.11.2018  /  8:10

William e Harry terão seus próprios escritórios de relações públicas no Palácio de Kensington

Os príncipes Harry e William || Créditos: Getty Images

Ambos moradores do Palácio de Kensington, em Londres, os príncipes William e Harry decidiram dividir o departamento da residência oficial que há anos cuida de suas respectivas vidas públicas a fim de que cada um tenha um time de profissionais independente para esse fim. Revelada pelo “The Sunday Times”, a decisão deles tem a ver com a chegada ao reduto dos Windsors de Meghan Markle, mas no melhor dos sentidos.

É que durante muito tempo todo mundo sempre achou que Harry deveria ser acompanhado de perto pelos auxiliares do irmão mais velho e mais responsável, no entanto como agora ele é um homem casado e prestes a se tornar pai pela primeira vez essa necessidade parece ter caído por terra.

Além disso, William – que é marido de Kate Middleton – um dia será o herdeiro natural do trono britânico, e por isso precisa desde já se portar como um futuro rei. Harry e Meghan, por outro lado, gozam de mais liberdades, e em razão disso poderão se dedicar a causas sociais menos comuns para membros da realeza (a duquesa de Sussex sonha em entrar para a história como uma “royal” de ambições feministas).

Ter escritórios de relações públicas próprios, portanto, será fundamental para que os dois remodelem suas imagens a partir de agora, já que em ambos os casos e salvas as devidas proporções eles representam o futuro da monarquia no Reino Unido e tudo que fazem sempre vai render notícias. Sendo assim, é melhor se empenhar para que estas sejam boas. (Por Anderson Antunes)