22.03.2014  /  14:47

Washington Olivetto: “Brasileiro vibra mais por time que pela Seleção”

 

Washington Olivetto posa ao lado do filho, Theo, no aeroporto de Guarulhos

Por Manuela Almeida

Seja pelo amor ao esporte ou pelo fato de que o seu cliente, a Coca-Cola, é um dos grandes patrocinadores do torneio, o publicitário Washington Olivetto está por dentro de tudo o que se refere à Copa do Mundo de 2014. Em conversa rápida com Glamurama, ele dá sua opinião sobre o Brasil sediar a Copa e o motivo pelo qual ele e “todo brasileiro” vibra mais pelo seu time do que pela Seleção. Confira.

O que você acha de o Brasil sediar a Copa do Mundo?
A Copa, para qualquer país, é uma fotografia da nação que é divulgada para o mundo inteiro. O Brasil já perdeu um tempo para sair bem na foto.

A visibilidade que o Brasil vai ganhar como sede da Copa vale a pena, independentemente se surgirem problemas com infraestrutura ou recepção de turistas?
“Sim, mas é claro que quanto mais bem feito, melhor. Problemas de infraestrutura não vão passar despercebidos.

Você acha que é um tiro no pé fazer a Copa aqui?
Eu acho que não pode ser.

A quais jogos você vai assistir?
“Eu estarei presente na abertura da Copa, no jogo Brasil x Croácia, na Arena Corinthians, em São Paulo, no dia 12 de junho.

Você torce mais pelo seu time, o Corinthians, do que pela camisa do Brasil?
“Há muitos anos todo torcedor brasileiro vibra mais pelo seu time do que pela Seleção. Isso acontece pelo simples fato de que a maior parte dos jogadores que representam o Brasil não moram no país. A seleção perdeu o cotidiano.