14.12.2015  /  12:32

“Warren Buffett da China” reaparece depois de dias sumido

O bilionário chinês Guo Guangchang || Créditos: Getty Images
O bilionário chinês Guo Guangchang || Créditos: Getty Images

Sem atender telefonemas ou aparecer para trabalhar desde a última quinta-feira, o bilionário chinês Guo Guangchang reapareceu nesta segunda em um evento anual para investidores organizado pela sua empresa, a holding Fosun Group. Considerado o “Warren Buffett da China”, Guangchang possui participações na empresa de turismo francesa Club Med, no Cirque du Soleil e no edifício Chase Manhattan Plaza, em Nova York, e é dono de uma fortuna pessoal calculada em US$ 6,3 bilhões (R$ 24,7 bilhões).

Em comunicado, a assessoria de imprensa de Guangchang se limitou a dizer que sua ausência repentina nos últimos dias foi por conta de “uma colaboração que ele prestou às autoridades chinesas em certas investigações que estão em curso”. O fato não é incomum, já que nos últimos 12 meses vários executivos de grandes empresas da China desapareceram sem qualquer explicação, situações geralmente ligadas ao esforço dos governantes do país no combate à corrupção oficial. (Por Anderson Antunes)