12.06.2021  /  9:00

Você sabe qual é o patrimônio dos ex-integrantes dos Beatles? Glamurama entrega!

Uma das bandas mais consagradas do mundo e maior referência do rock moderno, os Beatles deixaram um legado inestimável para os fãs e para a música. Graças a absurda popularidade do quarteto, em aproximadamente 10 anos de carreira, John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr acumularam toneladas de dólares, resultando em um patrimônio de fazer inveja. Confira a seguir o patrimônio líquido acumulado por cada integrante.

Ringo Starr
Richard Starkey, ou Ringo Starr, baterista dos Beatles, tem um patrimônio líquido estimado em US$350 milhões (R$1,8 bilhão, aproximadamente). Segundo o tabloide britânico ‘The Express’, Ringo se destaca como a 10ª estrela do rock mais rica do mundo graças ao seu trabalho como Beatle e pelo lançamento solo dos álbuns “Goodnight Vienna”, de 1974, e “Time Takes Time”, de 1992.

George Harrison
Falecido em 2001, o guitarrista George Harrison acumulou em vida um patrimônio avaliado em US$400 milhões (aproximadamente R$2 bilhões). Seus bens foram divididos entre sua esposa Olivia Arias e o filho Dhani Harrison, que decidiu seguir carreira na música e já detém cerca de US$275 milhões em fortuna.

John Lennon
Morto a tiros por um fã, em dezembro de 1980, John Lennon deixou um testamento secreto, que criou divergências entre seus filhos, e um patrimônio de US$200 milhões. Hoje, com os ganhos em royalties, mercadorias, taxas de licenciamento e muito mais, esse valor chega a cerca de US$620 milhões (aproximadamente R$3,3 bilhões).

Paul McCartney
Definitivamente Paul McCartney é o ex-Beatle mais rico. Aliás, ele é o músico mais rico do mundo! Com uma carreira consolidada de quase 50 anos, o cantor e multi-instrumentista tem um fortuna estimada em US$1,2 bilhão (cerca de R$6 bilhões). Além da bolada já conquistada, seu próprio portfólio de músicas, direitos autorais com outros artistas e royalties rendem anualmente até US$70 milhões por ano.