Orlando Bloom e príncipe Harry || Créditos: Getty Images

Vizinho do príncipe Harry, Orlando Bloom é criticado por papel em série sobre a família real

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Orlando Bloom e príncipe Harry || Créditos: Getty Images

‘The Prince’, série animada que satiriza a família real do Reino Unido, lançada na semana passada, tem causado a ira dos britânicos. Agora, sobrou para Orlando Bloom, vizinho de duque de Sussex, em Montecito, na Califórnia. Bloom é o dublador da voz de Harry na produção em que o marido de Meghan é retratado na série como um homem alheio ao mundo real. Em uma das cenas, ele mostra que não sabe a diferença entre palácios e outros tipos de casas ao visitar um apartamento nos Estados Unidos com Meghan.

A série da HBO Max foi idealizada a partir do perfil do roteirista Gary Janetti no Instagram, que ficou famoso por conta dos comentários irônicos que fazia se passando pelo príncipe George, primogênito de Kate Middleton e do príncipe William. Trata-se de uma paródia, claro, mas com grande parte de seu enredo inspirado em situações que aconteceram na vida real, como o ‘Megxit’. E é por conta dessa questão é que as pessoas estão questionando o ator inglês: “Quando Orlando Bloom pede privacidade para seus próprios filhos e participa de um programa que zomba de crianças, eu acho nojento. Você pensaria que Harry e Megan falariam para proteger seus sobrinhos e sobrinha dessa intrusão e desse bullying”, disse um internauta.

Bloom chegou a confessar à imprensa que não sabia se aceitaria participar da série por ser  cidadão inglês e ver a família real britânica como parte de sua herança cultural. Adivinha quem incentivou ele a emprestar sua voz? A mulher Katy Perry. “Eu não sou alguém que quer zombar de ninguém normalmente, mas a série foi feita de forma tão inteligente, espirituosa e carinhosa”, explicou. Ele também declarou que só conheceu Harry depois de ter assinado o contrato com a produção. “Esse cara é tão legal, e acho que ele tem um ótimo senso de humor. Espero que ele mantenha isso, porque eles meio que estão em um pedestal”, disse.