31.12.2018  /  8:00

Virada em grande estilo: 5 festas de Réveillon que estão entre as mais caras da história

Só pra quem pode || Créditos: Getty Images

Se no Natal a grande maioria das pessoas prefere curtir uma ceia em família, na virada do ano o que mais se busca é mesmo festa. E enquanto há quem se contente apenas com a chance de dar pivô em uma praia qualquer e de pular suas algumas ondinhas, muita gente não vê problema em gastar horrores para comemorar o ano novo em grande estilo.

Glamurama aproveita a ocasião para relembrar alguns desses réveillons que entraram para a história pelas fortunas que custaram. Continua lendo… (Por Anderson Antunes)

Roman Abramovich || Créditos: Reprodução

A de Roman Abramovich

Dono de uma das mansões mais bonitas de St. Barth, Roman Abramovich costuma abrir as portas da propriedade para receber convidados estrelados vindos dos quatro cantos do mundo nesta época. Mas em 2010 o bilionário russo se superou em 2010, quando contratou o Red Hot Chili Peppers e ofereceu a bffs como Marc Jacobs, George Lucas e Jon Bon Jovi muito champagne de marcas como Cristal e Ruinart. O custo por tudo isso? Nada menos que US$ 7,6 milhões (R$ 29,6 milhões).

Rodízio de champagne || Créditos: Reprodução

A do clube Hakkasan de Las Vegas

Em 2014, o clube Hakkasan de Las Vegas organizou um “rodízio de champagne” que classificou como único e o mais caro do mundo. Entre as últimas horas daquele ano e as primeiras de 2015, quem contratasse o serviço poderia degustar garrafas de safras raríssimas das melhores versões da bebida produzidas até então. O preço por cabeça foi de US$ 500 mil (R$ 1,95 milhão).

“Ponte aérea” de Ano Novo || Créditos: Reprodução

A da virada do ano em dose dupla

Se uma festa de réveillon já é ótima, imagina duas! Pensando nisso, o pessoal da companhia aérea britânica Private Fly lançou há alguns anos um pacote de viagem que permitia comemorar a passagem de ano em dobro, primeiro em Nova York e depois em Sydney, na Austrália, já que a diferença de fusos horários entre ambas em dezembro permite isso. O preço da trip, com tudo incluso, ficou em US$ 210 mil (R$ 817,7 mil).

Botox de brinde || Créditos: Getty Images

A do cirurgião plástico de LA

Também há o caso daqueles para quem trocar de ano no calendário significa envelhecer mais um pouquinho. Mas se a conta bancária for gorda, dá pra resolver isso rapidinho, e em 2009 o cirurgião plástico americano Stephen Greenberg resolveu unir o útil ao agradável e lançou um pacote de viagem que incluiu paradas em Nova York e Miami, idas a shows de artistas como Lady Gaga e John Legend e, por fim, uma passadinha na clínica dele em Los Angeles para retocar o botox ou até para colocar implantes de silicone nos seis. Bastava desembolsar US$ 100 mil (R$ 389,4 mil).

Festa pra dois no resort Gansevoort de Turks & Caicos || Créditos: Reprodução

A feita sob medida para os casais antissociais

Já o resort Gansevoort de Turks & Caicos pensou em algo diferente em 2011: uma festa particular para os apaixonados que odeiam multidões porém detestam mais ainda não fazer nada no réveillon. A partir de US$ 100 mil (R$ 389,4 mil) por casal, o hotspot ofereceu seus melhores quartos e serviços exclusivos de mordomo e chef particular, além de show de fogos de artifício para uma plateia de apenas duas pessoas e otras cositas más, como traslado em jatinho e a garantiria de privacidade à la realeza.