30.06.2014  /  11:00

Vik Muniz e antídoto para educação consumista. No Vidigal!

Por Michelle Licory

Vik Muniz está envolvido há meses em um novo projeto… de vida. Uma escola no Vidigal, comunidade carioca de vizinhança nobre – entre São Conrado e Leblon – que está virando a queridinha dos artistas plásticos. “A expectativa é que tudo esteja pronto até o ano que vem, com um programa criativo, uma grade aberta, que possa incluir aulas de música corpórea e yoga, por exemplo. O trabalho que vou desenvolver pessoalmente por lá é para crianças de 5 a 9 anos. Não é só pra ajudar alguém – é para que eu possa aprender.”

* “A ideia é criar um laboratório pedagógico, com alfabetização visual, arte e design, imagem e tecnologia para pequenos. Sim, vai ter massinha, mas também quero que elas passem a saber programação de computador. Uma criança que começa a ser estimulada cedo é capaz de fazer os próprios joguinhos de video game para brincar. Não é uma proposta de formação, e sim de orientação. Quero contribuir para uma mudança na cara da educação contemporânea, que só se preocupa em produzir consumidores.” Boa sorte, Vik!