Arabella Kushner, neta de Donald Trump, salvou a pátria - literalmente... || Créditos: Reprodução

Vídeo com neta de Trump viraliza na China e ajuda na diplomacia

03.02.2017  /  16:32

Arabella Kushner, neta de Donald Trump, salvou a pátria - literalmente... || Créditos: Reprodução
Arabella Kushner, neta de Donald Trump, salvou a pátria – literalmente… || Créditos: Reprodução

Um vídeo simples no Twitter pode ajudar nas relações entre os Estados Unidos e China? A resposta é sim. E o mais surpreendente nisso tudo é que o vídeo em questão foi postado no perfil de Ivanka Trump, filha de Donald Trump. Nele, a herdeira do presidente dos Estados Unidos mostra a filha Arabella cantando uma música em mandarim para felicitar o Ano Novo Chinês, um gesto visto pelos veículos de imprensa internacional como uma tentativa de aproximar os dois países.

Balançando um pequeno e colorido dragão, símbolo da cultura milenar do país, Arabella deseja feliz Ano Novo em um tuíte com 2.4 milhões de visualizações de acordo com o contador oficial na página de Ivanka no microblog.  “Arabella cantando uma canção que aprendeu para o Novo Ano Chinês. Desejando que todos tenham um incrível ano nestes dias de celebração”, escreveu Ivanka, acrescentando em caracteres chineses: “Feliz Ano Novo!”. Depois disso, o vídeo foi postado por algum chinês na Weibo, rede que substitui o Twitter na China – onde ele é bloqueado –  com 100 milhões de usuários ativos por dia. O vídeo viralizou por lá e foi parar na capa do China Daily nesta sexta-feira.

E o motivo desse vídeo ser tão comentado é um só: Trump quebrou uma tradição nas relações entre Pequim e Washington ao não enviar uma saudação pessoal de Ano Novo Chinês ao regime. Por isso, a atitude de Ivanka é vista como uma tentativa de suavizar a dura posição do novo presidente com o país. Aperte o play para assistir.