24.05.2019  /  10:09

Viagem de filha de Trump a Cannes custou quase R$ 80 mil aos contribuintes dos EUA

Michael Boulos e Tiffany Trump em Cannes || Créditos: Reprodução

Tiffany Trump, a filha menos famosa de Donald Trump, baixou no Festival de Cannes no começo da semana acompanhada do namorado, Michael Boulous, depois de curtir uns dias incógnita com o amado em Paris. Até aí, nada demais, não fosse por um “detalhe”: só a esticada dela ao sul da França custou aos contribuintes americanos US$ 19.213 (R$ 77.755), de acordo com dados oficiais, lembrando que nenhum parente imediato do presidente dos Estados Unidos sai de casa sem a escolta de oficiais do Serviço Secreto de lá.

Tiffany e Michael escolheram se hospedar no luxuoso hotel Jesta Fontainebleau, que fica em um dos melhores pontos do Boulevard de la Croisette, onde acontece o grosso do evento cinematográfico. Ambos pagaram por suas estadias no estabelecimento com dinheiro do próprio bolso, mas os policiais federais que cuidaram da segurança deles também precisaram pernoitar no mesmo local e, claro, tiveram todos os seus custos bancados pelo estado americano.

A jovem de 25 anos – cuja mãe é a segunda mulher de Trump, a ex-modelo Marla Maples -, também tinha dado um pulinho na Sérvia no começo do ano que resultou em uma conta de US$ 23 mil (R$ 93,1 mil) paga por seus conterrâneos. Ainda assim, é bem menos do que o “prejuízo oficial” gerado pelos irmãos mais velhos dela, Donald Trump Jr, e Eric Trump, durante uma viagem que os dois fizeram no começo de 2017: nesse caso a verba dos EUA para a presidência enxugou US$ 400 mil (R$ 1,62 milhão). (Por Anderson Antunes)