O interior do Espace Éphémere no Jardin des Tuilieries se transformou em uma apresentação de ballet
O interior do Espace Éphémere no Jardin des Tuilieries se transformou em uma apresentação de ballet || Crédito: Reprodução Instagram

Valentino leva o universo do balé para a passarela em Paris

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
O interior do Espace Éphémere no Jardin des Tuilieries se transformou em uma apresentação de ballet  || Crédito: Reprodução Instagram
O interior do Espace Éphémere no Jardin des Tuilieries se transformou em uma apresentação de ballet || Crédito: Reprodução Instagram

O outono/inverno 2016 da Valentino apresentado nesta manhã no Espace Éphémere no Jardin des Tuilieries, foi uma viagem pelo movimento e estilo das bailarinas. Maria Grazia Chiuri e Pierpaolo Piccioli colocaram na passarela do penúltimo dia da semana de moda de Paris, tons de nude, amarelo, pitadas de metalizados e o verde militar, que deve dominar a próxima estação. As modelos desfilaram ao som de uma pianista, localizada estrategicamente no centro da passarela como em uma aula de balé clássico. A melodia forte e pontual se transformava conforme as etapas do desfile se apresentavam: veludos, tecidos fluidos, tutus revisitados. O uniforme oficial das bailarinas, meias de seda e sapatilhas, fizeram par com paletós, gola rolê, parkas e coturnos, contrastando com a beleza pálida da coleção.
Os vestidos receberam bordados pontuais que, graças à transparência frágil, pareciam ter sido feitos em cima da pele (nossa aposta para os tapetes vermelhos). Na primeira fila, Olivia Palermo, Dakota Fanning e Abbey Lee.
“É tudo sobre o momento. Buscar a emoção nas experiências que devemos viver de verdade, em primeira pessoa, e que nenhum instrumento eletrônico pode substituir” definiram os estilistas da maison depois do desfile. Siga a seta e confira os cliques.