27.04.2017  /  17:06

United chega a acordo com o passageiro que foi arrastado para fora do avião

Imagem do o Dr. David Dao sendo retirado a força de um voo da United || Créditos: Reprodução
Imagem do o Dr. David Dao sendo retirado a força de um voo da United || Créditos: Reprodução

A United Airlines acaba de chegar a um acordo com o Dr. David Dao, o passageiro que foi violentamente arrastado para fora de um voo no início do mês em um incidente que colocou a empresa em maus lençóis mundo afora. Os advogados de Dao anunciaram o acordo nesta quinta-feira, mas não revelaram os termos financeiros.

O anúncio inclui elogios para o CEO da United, Oscar Munoz, feito por Thomas Demetrio, um dos advogados do passageiro. “O Sr. Munoz disse que iria fazer a coisa certa e ele fez”, disse Thomas em comunicado oficial. “Além disso, a United assumiu total responsabilidade pelo que aconteceu sem tentar culpar os outros, incluindo a Cidade de Chicago” – afinal, quem retirou David à força foi um policial que mora na cidade e está suspenso desde então.

Para quem perdeu o episódio, a United queria remover David do voo para abrir espaço para os membros da tripulação – e isso foi feito da maneira mais agressiva possível, tanto que o vídeo (abaixo) mostra como tudo aconteceu. Desde então, a United prometeu não usar mais oficiais para remover forçosamente clientes pagantes de seus voos. O incidente aconteceu no dia 9 de abril e os advogados de Dao afirmaram que o cliente sofreu uma concussão e perdeu os dentes durante todo esse drama.

Em tempo: o acordo acontece no mesmo dia em que a United anunciou um novo plano para a viagem de seus passageiros, mais confortável e tentando garantir que o que aconteceu com Dao não se repita. Várias outras companhias aéreas, incluindo Southwest e Delta, anunciaram mudanças de política destinadas a evitar que um incidente semelhante aconteça. “Dr. Dao tornou-se o campeão involuntário para a adoção de mudanças que certamente ajudarão a melhorar a vida de milhões de viajantes”, declarou o advogado dele em comunicado.