31.10.2018  /  12:16

Uma lista de casas mal-assombradas, hostels sinistros e castelos de arrepiar são destaques neste Dia das Bruxas

Já separou a fantasia para o Dia das Bruxas? Apesar de a data ser tradicional nos países de língua inglesa, tem conquistado cada vez mais adeptos por aqui. Festa + fantasia? Estamos dentro! Se quiser passar a data longe dos agitos sem perder os sustos, fique sabendo que a Booking.com tem milhões de avaliações reais sobre hospedagem com algum nível de atividade paranormal. Seja um “clássico” castelo mal-assombrado, um hostel que antes abrigava uma prisão sinistra ou até mesmo um spa assustador: aqui está uma lista com acomodações bizarras que se encaixam em todos os níveis de medo.

HI- Ottawa Jail Hostel – Ottawa, Canadá

“Ficar aqui é uma experiência única! Cuidado com os fantasmas!” – Marion, França || Créditos: Divulgação

Iniciando sua história como Nicholas Street Gaol, esta antiga prisão no coração de Ottawa foi transformada em um hostel. Embora alguns quartos tenham sido reformados para atender aos modernos padrões de conforto, o hostel preservou as portas de madeira originais da prisão, e as janelas ainda estão com as barras. E tem mais! Há quem diga que as instalações ainda abrigam alguns de seus ex-presidiários, pois é comum ouvir gritos e barulhos misteriosos. A aparição mais frequente na prisão de Ottawa é de Patrick J. Whelan, um alfaiate irlandês que foi condenado e executado pelo assassinato de um político local. É possível compartilhar um dormitório, mas não há garantia de com quem (ou o quê) vai acontecer por lá.

Tulloch Castle Hotel – Dingwall, Reino Unido

“… me diverti bastante, procurei por fantasmas e espíritos nos quartos, mas infelizmente descobri que era o dia de folga deles, e que eles estavam no bar!!” – Donald, UK || Créditos: Divulgação

O Castelo Tulloch fica na região das Terras Altas na Escócia e foi construído originalmente no século XII. Atualmente abrigando um hotel, o Castelo é uma acomodação única, com passado histórico e assustador, pois já foi um hospital improvisado após a evacuação de Dunkirk em 1940. Os hóspedes adoram fazer o ‘passeio fantasma’, que explora as várias passagens secretas e escadarias do prédio. Mas, cuidado para não se perder, pois dizem que os corredores são assombrados pela terrível Dama Verde de Tulloch.

1886 Crescent Hotel and Spa – Eureka Springs, Arkansas, EUA

“O hotel é mal-assombrado!!!” – Joan, EUA || Créditos: Divulgação

Originalmente inaugurado como um resort de luxo no final do século XIX, o Hotel Crescent entrou em decadência antes de se tornar uma faculdade e um conservatório para moças, e posteriormente um hospital e uma estância terapêutica controlada por Norman Baker, um trambiqueiro sem formação médica. Hoje, a história conturbada do hotel é lembrada por seus “moradores permanentes”, dentre eles um pedreiro que caiu e morreu durante a construção do hotel, pacientes com câncer da época do Dr. Baker, além de um gato fantasma. Tenha a chance de conhecer esses moradores em um passeio guiado, que inclui uma visita ao horripilante necrotério do hotel. Menos assustador, o hotel também oferece um spa, para que os hóspedes possam relaxar depois de tanta adrenalina.

Q Station – Sydney, Austrália

“Vi porcos espinho, bandicoots e muitos FANTASMAS!” – Kathleen, Austrália || Créditos: Divulgação

Até ser fechado em 1972, os novos visitantes suspeitos de trazer doenças para a Austrália ficavam em quarentena na Estação de North Head. Doenças infecciosas como varíola, cólera e peste bubônica fizeram da Estação o descanso final de mais de 500 residentes. O local se tornou um Centro de Visitantes e uma acomodação histórica, mas é o mais mal-assombrado da Austrália, aparecendo até em programas de TV e em filmes de terror. Além dos passeios que exploram esse passado terrível, a Q Station também oferece tours históricos informativos e atividades a céu aberto, como a prática de caiaque e snorkel.

Hotel Paris – Florença, Itália

“O quarto era grande e as crianças ficaram animadas ao ler sobre o fantasma que perambula pela área” – Xenia, Itália || Créditos: Divulgação

Em uma cidade tão romântica quanto Florença, não é de se espantar que uma das histórias de fantasma mais famosas seja uma história de amor: Bianca Capello, uma nobre de Veneza conhecida por sua beleza, casou-se em segredo com Francesco I de Medici, Grão Duque da Toscana. Contudo, em outubro de 1587 o casal morreu sob circunstâncias misteriosas – possivelmente envenenamento. O Hotel Paris foi um antigo palácio que servia de ponto de encontro da dupla e agora é um hotel boutique. Dizem que o espírito de Bianca Capello ainda vaga pelos corredores procurando seu amado Grão Duque.

Trembling Madness Apartments – York, Reino Unido

“A sensação era de voltar em um passado fantasmagórico de um estranho, cuja personalidade está impressa em sua coleção bizarra de ornamentos” – Lisanne, Reino Unido || Créditos: Divulgação

Considerada oficialmente a cidade mais mal-assombrada da Europa, York está repleta de espectros com vielas, igrejas, hotéis e bares assombrados. Os apartamentos do Trembling Madness estão localizados próximos a um antigo pátio no coração da cidade. Dizem que um desses locais, uma câmara de 600 anos, é mal-assombrada. Os hóspedes adoram a decoração extravagante, complementada com todas as comodidades necessárias para uma hospedagem bizarramente luxuosa: um tabuleiro Ouija, um detector de campo eletromagnético (EMF) e uma ampla coleção de animais empalhados.