29.06.2018  /  18:11

Barraco de Giovanna Lancellotti em “Segundo Sol” vira trending topics no Twitter… Aqui, um papo com a atriz “recorde de memes”

A briga de Manu e Rochelle – que acabou com a vilã ensopada || Créditos: Reprodução

Viu o barraco no capítulo dessa quinta-feira de “Segundo Sol” entre as irmãs Rochelle [Giovanna Lancellotti] e Manu [Luisa Arraes]? Manu chegou drogada à festa de Rochelle, fez a maior cena na frente da sociedade soteropolitana e da imprensa, jogou a malvadinha na água e ainda deu um beijo no namorado dela, que tal? Resultado: Rochelle foi parar nos trending topics do Twitter e o telespectador ficou com a alma lavada por conta do troco que Manu deu.

“Recorde de memes”

“Costumo assistir à novela acompanhando o Twitter. A Rochelle é recorde de memes. A repercussão tem sido positiva, na medida do possível. Às vezes recebo um comentário ou outro meio escro$% nas redes, mas são tantos legais que só gasto minha energia com o que é bacana, foco nisso, ao invés de ficar encucada. Se for uma ofensa muito absurda, bloqueio a pessoa”.

“No caso da Regiane Alves, o público pegou muita raiva dela”

Giovanna não está apanhando na rua, graças a Deus… “A minha sorte é que fiz personagens com caráter legal antes. Se ela fosse meu primeiro papel, acho que as pessoas receberiam diferente, como foi o caso da Regiane Alves: a primeira aparição grande dela na TV foi como a Doris [que maltratava os avós em ‘Mulheres Apaixonadas’] e o público pegou muita raiva dela”, disse Giovanna.

“É uma personagem que você pode se libertar, falar os maiores absurdos”

“A Rochelle é muito rica de conflitos internos. A gente ainda vai entender os motivos dela. Ainda não está muito claro de onde vem essa maldade. Mas ela não vai parar de aprontar tão cedo… É uma personagem que você pode se libertar, falar os maiores absurdos como se fosse uma coisa muito tranquila. Ela não tem filtro, sensibilidade, papas na língua… Fala mesmo. Com isso a gente se diverte. Não só eu, mas os colegas também”.

“No fundo é ciúme”

Dá pra defender a minivilã? “Ela nunca passa em branco. É autêntica, verdadeira, determinada, focada no blog dela. E tem uma autoestima maravilhosa. Se acha linda, poderosa: a melhor pessoa do mundo pra ela é ela…” Mas não gosta de ninguém, né? “Pois é, isso é difícil pra mim. A gente tem grandes vilões na novela que têm um lado de amor… A Laureta [Adriana Esteves] gosta do Ícaro [Chay Suede], a Karola [Deborah Secco] gosta do Valentim [Danilo Mesquita] e do Beto [Emilio Dantas]. A Rochelle, aparentemente, não gosta de ninguém. Mas acho que no fundo ela gosta de todos eles, inclusive da Manuela. Acho que é uma defesa desse tipo de pessoa que prefere apontar o dedo antes de ser apontada. Antes que dê tempo de alguém falar alguma coisa dela, ela já sai apontando para os outros, para já desbaratinar a atenção. No fundo é um ciúme”.

“Tem gente que nasce com caráter duvidoso, mas não acho irreversível. É importante os pais ficarem de olho em certas atitudes, pequenos indícios, pra ir corrigindo. Acho que a Rochelle não teve essa atenção. Como a Manuela é adotada, com mãe presa, separada do irmão, era considerada mais frágil. Imagino que a atenção tenha ido mais pra ela… A Rochelle teve uma educação liberal demais, ela tinha tudo, e aí não dá valor, não sabe o valor das coisas… Nunca teve que correr atrás de nada…”

Fura-olho

E esse beijão da Manu no Narciso [Osmar Silveira], namorado da irmã? “A Manu tem o problema da dependência. O Narciso pra ela é uma fuga porque é ele que oferece a droga. A Rochelle dá em cima do Acácio [namorado da Manu, papel de Danilo Ferreira] para provocar a Manu. Quando ela dá essa brecha ao beijar o Narciso, a Rochelle vai atrás do Acácio. Mas não dura muito tempo essa troca de casais”. (por Michelle Licory)

*Vem ver aqui embaixo a cena do barraco!