Um pouco sobre Lívia Nestrovski, a nova voz da música contemporânea brasileira

24.06.2018  /  9:00

Uma das novas vozes da música contemporânea brasileira, a cantora LÍVIA NESTROVSKI é filha do violonista e diretor artístico da Osesp Arthur Nestrovski e da musicista Silvana Scarinci. Ela começou a estudar música aos 11 anos e depois quis o destino que se apaixonasse pelo instrumentista Fred Ferreira, com quem faz um duo e se apresenta mundo afora – de Nova York a Damasco.

Por Aline Vessoni para a Revista J.P de junho0

J.P: Você tem uma formação acadêmica como seus pais. Como essa teoria ajuda no palco?
LN: Me formei na Unicamp e fiz mestrado na Unirio e isso me ajuda muito a pensar música e de como eu quero me colocar diante do público a quem eu falo.

J.P: Na cena de música brasileira contemporânea, quais mulheres inspiram você?
LN: Tenho visto o surgimento de novas cantoras, intérpretes, o que era raro. Gosto de Juliana Linhares, da banda Pietá, da Júlia Vargas, Maria Beraldo, e de Juçara Marçal que foi, digamos, precursora desse movimento.

J.P: Quanto você está engajada na produção dos shows e dos discos?
LN: Estou totalmente engajada em tudo. Esse é o bem e o mal do artista independente no Brasil hoje, porque a gente aprende a fazer tudo, desde produção, maquiagem, figurino, até arranjo e cantar [risos]. É um movimento das cantoras da minha geração que se preocupam em fazer parte do processo. Não temos mais o respaldo de gravadoras.