23.10.2014  /  11:39

Um papo com Benedita Casé, filha de peixe que anda fazendo “Auê”

Benedita com João Pedro, Douglas e Feijão: é hoje!

Benedita Casé Zerbini, filha do artista plástico Luiz Zerbini e da apresentadora Regina Casé, comanda logo mais, nesta quinta-feira, a segunda edição da festa “Auê” na Lagoa, zona sul do Rio. “Sempre tive vontade de fazer um samba na zona sul, junto com meu namorado, João Pedro Januário. O Douglas Silva e o Feijão, que são sócios do evento com a gente, já faziam e fazem até hoje uma festa dessas na zona norte. Vamos direto porque o clima é maravilhoso, todo mundo é estiloso e dança demais. Então tivemos a ideia de trazer um pouco daquele clima de lá e juntar com coisas legais daqui, e acabou virando esse auê bem carioca, com tudo que a gente gosta: o Brownie do Luiz, que é meu amigo de infância, o mate de galão da praia que a gente é viciado e uma mistura de estilos musicais. Esta edição terá Xande de Pilares e Pretinho da Serrinha, com o melhor do samba de raiz, participação especial de Marcelo D2 e atrações surpresas, que já são a nossa marca”, conta a glamurette.

Casal que trabalha junto

* “Fizemos pela primeira vez, no ano passado, e a repercussão foi tão grande que ficamos animados para repetir a dose. Não pretendo me dedicar exclusivamente à festa, mas estou curtindo produzir e ter o meu negócio. Estou adorando. Já trabalho com o João Pedro no ‘Esquenta’ [programa de Regina na Globo]: ele como fotógrafo e eu na pesquisa. Além disso, administramos a marca de camisetas ALÔ REGINA também. Assim acabamos fazendo muita coisa juntos!”

Quem não gosta de samba…

* “De gosto e estilo não vejo muita diferença entre zona sul e norte porque a galera da zona norte quer consumir, basicamente, a mesma coisa que o pessoal da zona sul e vice-versa. Todos estão em busca de um evento com boa música e que reúna uma galera bacana. Levo sempre amigos famosos pra lá e não tem como eles não se jogarem no samba. Quem é animado se sente bem em qualquer lugar. Hoje em dia o preconceito está bem menor, tudo muito mais junto e misturado. Sou bem eclética. Meu iPhone toca de tudo mesmo! Gosto muito de samba e pagode porque tenho amigos que tocam, e com o ‘Esquenta’ me envolvo ainda mais, mas curto todos os estilos!” (Por Michelle Licory)