05.12.2018  /  7:50

Um dos mais bem pagos de Hollywood, Kevin Hart vai receber só R$ 57 mil para apresentar o Oscar

Kevin Hart || Créditos: Getty Images

Confirmado nesta quarta-feira como o apresentador da 91ª cerimônia de entrega dos Oscars, marcada para 24 de fevereiro, Kevin Hart vai embolsar apenas US$ 15 mil (R$ 57,9 mil) da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood pelo job. O cachê é praticamente dinheiro de cafezinho quando comparado aos quase US$ 40 milhões (R$ 154,4 milhões) que o comediante, atualmente um dos mais bem pagos do mundo, deverá faturar até o fim do ano.

Neste caso específico, no entanto, a maior recompensa não é financeira, já que ser escolhido para ser o mestre de cerimônias da noite mais importante do cinema rende um reconhecimento global imediato que dificilmente seria conquistado de outra forma. Isso é música para os ouvidos de Hart, que estourou há tempos nos Estados Unidos mas continua relativamente desconhecido do grande público internacional.

Sem falar que ele estará em duas das comédias mais aguardadas de 2019 – a continuação de “A Vida Secreta dos Bichos”, cujo primeiro capítulo rendeu mais de US$ 875,5 milhões (R$ 3,38 bilhões) nas bilheterias mundo afora em 2016, e “Jumanji 3”. Se conseguir aumentar a audiência do Oscar e, de quebra, atrair um público ainda maior para ambas as produções com isso, como muitos apostam, Hart tem tudo para se tornar o próximo Eddie Murphy. (Por Anderson Antunes)