15.03.2016  /  12:43

Um dos maiores nomes da música barroca se apresenta no Municipal de SP

Nicolau de Figueiredo na Orquestra Sinfônica Municipal || Créditos: Divulgação
O cravista Nicolau de Figueiredo e a Orquestra Sinfônica Municipal || Créditos: Divulgação

A OSM – Orquestra Sinfônica Municipal recebe neste fim de semana um dos maiores nomes da música barroca: o cravista paulista Nicolau de Figueiredo. O músico, que também é regente e organista, coleciona prêmios importantes, como o Concours International de Clavecin e o Concorso Internazionale di Roma. Nestas apresentações, divide os holofotes com o maestro Piero Lombardi, nome dos mais promissores no cenário lírico internacional.

Na programação, as obras Debussy, Poulenc e Brahms. Inspirado em alguns poemas de Les Fêtes Galantes, de Paul Verlaine, “Petite Suite” composta por Claude Debussy em sua juventude é a primeira a ser apresentada na noite. Em seguida, a OSM recebe o cravista Nicolau de Figueiredo para interpretar o “Concert champêtre para Cravo e Orquestra, FP 49”, escrita por Poulenc sob encomenda de Wanda Landowska, musicista responsável pela redescoberta do cravo no início do século 20. Na partitura, o clima dos encontros musicais que aconteciam na casa de Wanda e que reuniam boa parte dos compositores franceses da época.

“Durante este concerto, é possível identificar citações de peças que eram tocadas nesses encontros – de compositores como Handel, Bach e Vivaldi -, sempre costurados com muito humor”, conta Nicolau, que é professor da Escola Municipal de Música de São Paulo.

Para finalizar, a “Sinfonia N. 3, Op. 90”, de Johannes Brahms, uma das obras mais conhecidas do compositor alemão.

Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos de Azevedo, s/nº.
Telefone: 11/3053-2100 / Bilheteria: 11 3053 2090
Ingressos: R$ 25 a R$ 90
Duração: 90 minutos
http://www.compreingressos.com/theatromunicipaldesaopaulo