02.02.2016  /  20:01

“Tudo que a Dilma diz não para em pé”, afirma líder do PSDB

Para deputado Antônio Imbassahy, nada que a presidente diz se sustenta|| Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Para deputado Antônio Imbassahy, nada que a presidente diz se sustenta|| Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Se a presença da presidente Dilma Rousseff no Congresso serviu para dar ânimos ao PT e a alguns políticos da base aliada, a estratégia surtiu efeito zero na oposição. “A mensagem da presidente Dilma é a prova daquele velho ditado: o papel aceita tudo. O que ela diz não para em pé e os brasileiros já perceberam isso há um bom tempo”, afirmou o líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy (BA). Dilma esteve pessoalmente no Congresso nesta terça-feira para ler a mensagem do Executivo aos parlamentares, enfatizando as prioridades do governo. A presidente, segundo o tucano, já havia proposto, na mensagem de 2015, o controle da inflação como prioridade. “As contas públicas estariam em ordem e o governo  não promoveria recessão e retrocessos. E o que aconteceu depois disso? O Brasil acabou rebaixado.” (Por Malu Delgado)