29.11.2017  /  10:37

Tudo indica que Katie Holmes e Jamie Foxx vão passar o Ano Novo em Cingapura

O Marina Bay Sands, em Cingapura, onde Katie e Jamie podem passar o réveillon || Créditos: Getty Images/Reprodução

Está quase tudo acertado para que Jamie Foxx seja o host da festa de Réveillon do Lavo Singapore, o novo hotspot que a empresa de restaurantes e casas noturnas Tao Group vai inaugurar no fim de dezembro no terraço do badalado Marina Bay Sands, um dos mais famosos hotéis/cassinos de Cingapura. Não é comum que esse tipo de evento tenha como atração principal uma celebridade do alto escalão com um Oscar no currículo – lembrando que Foxx levou a estatueta de Melhor Ator em 2005 por sua atuação em “Ray”, a cinebiografia de Ray Charles.

Mas pelo menos dois bons motivos pesaram na decisão do ator de ao menos considerar o métier: primeiro, o cachê oferecido a ele gira em torno de US$ 2 milhões, bem acima dos valores que costumam ser pagos a famosos como Paris Hilton e Lindsay Lohan, ambas super acostumadas a bater ponto em comemorações de fim do ano. Já o segundo
motivo tem a ver com Tom Cruise, o ex marido da namorada de Jamie, Katie Holmes.

Reza a lenda que quando subiu ao altar com a atriz, em 2006, o astro de “Missão Impossível” – que continua furioso com o romance dos dois – incluiu no acordo pré-nupcial que eles assinaram na época uma cláusula que a impedia de namorar publicamente durante uma espécie de quarentena que passaria a valer imediatamente depois de um eventual divórcio deles, o que de fato aconteceu em 2012.

Estimado em pelo menos cinco anos pela imprensa americana, o prazo estaria prestes a acabar. Nesse caso, receber 2018 bem longe de Cruise e ainda ganhando por isso pode ser o melhor dos mundos para Jamie, que aguarda apenas a confirmação da amada de que ela vai poder acompanhá-lo na viagem de trabalho para a Ásia para confirmar sua participação estrelada na festa do Lavo Singapore. (Por Anderson Antunes)