11.02.2021  /  10:24

Trump volta a ostentar o título de ‘presidente’ para evitar ser expulso da própria casa. Entenda!

Trump em seu escritório em Mar-a-Lago
Trump em seu escritório em Mar-a-Lago || Créditos: Reprodução

Donald Trump voltou a ser presidente. Não dos Estados Unidos, claro, mas de sua própria residência-clube na Flórida. Dias atrás, o advogado do republicano que perdeu a Casa Branca para o democrata Joe Biden nas eleições presidenciais realizadas em 2020 no país informou a prefeitura de Palm Beach que seu cliente voltou a comandar oficialmente Mar-a-Lago, mesmo apesar de ainda continuar afastado do cargo de CEO que ocupava na Trump Organization, dona da propriedade, antes de se aventurar na política, em 2015.

A manobra serve basicamente para dar a Trump a chance de continuar vivendo em Mar-a-Lago, já que os vizinhos dele no local se rebelaram assim que souberam de sua mudança pra lá, no fim do ano passado, com medo de que sua chegada (e a de seu séquito de seguranças, mas a de seus apoiadores…) trouxesse também o caos – o que, claro, acabou acontecendo. O caso ainda não foi parar na justiça, mas tudo indica que isso acontecerá em breve.

Pra quem não sabe, Trump precisou abrir mão do comando da Trump Organization quando assumiu a presidência dos EUA, a fim de evitar conflitos de interesse com seus negócios internacionais. Quem dá as cartas desde então na gigante do setor imobiliário são os filhos do político bilionário, Eric Trump e Donald Trump Jr. (Por Anderson Antunes)