01.02.2019  /  7:38

Trump sobre o ataque ao ator Jussie Smollett: “Isso tudo é horrível, não tem como piorar”

Donald Trump e Jussie Smollett || Créditos: Getty Images

Donald Trump aproveitou um rápido encontro que teve com repórteres na Casa Branca nessa quinta-feira para comentar o ataque a Jussie Smollett. Pra quem não acompanhou a história, o Jamal Lyon da série “Empire” foi hospitalizado na madrugada da última terça-feira depois de ser espancado por dois homens em uma rua de Chicago. Gay assumido desde 2015, quando resolveu sair do armário durante uma entrevista que deu para Ellen DeGeneres, o ator contou mais tarde para a polícia que ouviu insultos homofóbicos e racistas de seus agressores, que estariam usando um boné com a inscrição “MAGA (de “Make America Great Again”, ou “Faça a América Grande de Novo”, o slogan usado por Trump em sua campanha à presidência, em 2016), indicando que ele pode ter sido vítima de crime de ódio.

“Eu só posso dizer que isso tudo é horrível, não tem como piorar”, disse o presidente dos Estados Unidos aos membros da imprensa quando questionado sobre o trauma vivido por Smollett. As autoridades americanas que investigam o caso afirmaram recentemente que já têm indícios sobre possíveis suspeitos, e é possível que alguma prisão aconteça já na semana que vem. Enquanto isso, Smollett, que também é cantor, se prepara para fazer sua primeira aparição pública desde o incidente nesse sábado, em um show que fará no clube Troubadour de Los Angeles. (Por Anderson Antunes)