10.08.2017  /  11:46

Tribalistas quebram hiato de 15 anos com lançamento surpresa de inéditas

Carlinhos Brown, Marisa Monte e Arnaldo Antunes durante transmissão surpresa e ao vivo no Facebook || Créditos: Marco Froner/Divulgação

Som na caixa! A trilha sonora desta quinta-feira não poderia ser outra que não as quatro novas músicas inéditas dos Tribalistas lançadas por Marisa Monte, Carlinhos Brown e Arnaldo Antunes em apresentação surpresa na noite dessa quarta-feira, às 23h, ao vivo pelo Facebook. Além do lançamento mundial de “Diáspora”, “Um Só”, “Aliança” e “Fora da Memória” – 4 das 10 músicas que vão compor o novo CD do trio -, os músicos também responderam a perguntas enviadas em tempo real pelo público e explicaram o porquê de terem levando 15 anos para lançar um novo álbum. 

“Desde que fizemos o primeiro álbum, nunca deixamos de estar próximos nem paramos de compor em parceria. Mas desta vez sentimos que tínhamos em mãos uma coleção de canções que soavam mais potentes quando cantadas pelos três juntos, daí surgiu o desejo de gravar um novo álbum”, resumiu Marisa. “Não é uma volta dos Tribalistas, porque os Tribalistas nunca foram [risos]”, completou Arnaldo Antunes. 

Sobre o novo disco, Marisa disse: “Há um ano e meio a gente se encontrou e criou canções que se equilibraram entre si e assim surgiu o desejo de fazer um registro juntos. Cada um de nós assumiu um papel que parecia natural e surgiu o desejo de gravar de novo junto”. Durante este tempo, tudo foi guardado a sete chaves pelos músicos e equipe. “Não aguentava mais mentir”, brincou Carlinhos Brown.

O disco novo traz atuais, como em “A Diáspora”, que fala sobre povos imigrando, se dispersando pelo mundo. “A gente tá assistindo cenas de refugiados em várias situações devido a guerras e fenômenos naturais e a gente assiste isso sempre com o sonho de que não haja mais fronteiras, de que as pessoas possam circular pelo planeta livremente” falou Arnaldo. A canção leva trechos do poema “O Guesa”, de Sousândrade, e do livro Vozes d’Africa, de Castro Alves.

Já “Um Só” tem como tema o convívio com as diferenças. “A gente vê um momento em que tá tudo dividido, muito polarizado politicamente, essa guerra entre as diferenças… e a gente gosta de poder juntar as coisas e poder conviver com os paradoxos e viver as nossas contradições. Você poder ser uma coisa, mas também ser outra”, disse Arnaldo ao vivo. Sobre a parte técnica do disco, Marisa explicou: “Tem mais semelhança do que diferenças. Gravamos com os mesmos músicos e mesma equipe técnica.”

A transmissão simultânea rolou em estúdio no Rio com 60 minutos de duração foi acompanhada por 5,62 milhões de seguidores em 52 países, incluindo Brasil, toda a América Latina, Estados Unidos, França, Espanha, Japão, Rússia e até Paquistão. 

Os quatro singles estão disponíveis para serem baixados no Spotify e em todas as plataformas digitais no mundo. Os clipes das quatro canções, dirigidos por Dora Jobim, já podem ser vistos no Facebook e no iTunes/Apple Music. 

Lançado em 2002, o primeiro CD/DVD dos Tribalistas alcançou a marca de mais de três milhões de cópias e logo se tornou um fenômeno não apenas no Brasil mas também em vários países do mundo – notavelmente na França, Itália, Espanha, Portugal e Argentina. Mensalmente, meio milhão de pessoas ouvem Tribalistas pelo Spotify. O novo álbum do trio deve chegar às lojas físicas e virtuais no fim deste mês, em CD e DVD. A pré-venda começa nesta quinta-feira nas principais lojas online do Brasil.

Aperte o play e ouça abaixo a “Diáspora”, “Um Só”, “Fora da Memória” e “Aliança”.

Carlinhos Brown, Marisa Monte e Arnaldo Antunes durante transmissão surpresa e ao vivo no Facebook || Créditos: Marco Froner/Divulgação