25.02.2018  /  9:00

Tom Zé completa 80 anos e ganha exposição cheia de referências em São Paulo

Parabéns, Tom || Créditos: Divulgação

Os amantes da multiplicidade de Tom Zé podem comemorar. Em 2018, ele completa 80 anos – bem vividos – e por isso ganha a exposição “Tom Zé 80 anos”, que ficará em cartaz de 13 de março a 20 de maio na Caixa Cultural São Paulo, no centro da cidade. Com curadoria de André Vallias, que também foi responsável pela expo “Gil 70 anos”, a mostra terá como destaque uma linha do tempo detalhada da vida de Tom Zé.

A promessa é de obras que retratem a diversidade do trabalho do artista com músicas, fotos, textos e depoimentos em instalações, meios e linguagens diferenciadas, que sigam a personalidade e concepção artística de Tom. O lado musical, que é um dos destaques de sua carreira, ganha evidência com a exibição de toda a sua discografia: de “Tom Zé – Grande Liquidação”, lançado em 1968, até “Canções Eróticas de Ninar”, de 2017, em um total de 28 discos. “O trabalho de concepção da mostra foi muito em cima das letras mais emblemáticas dele”, explica Vallias.

Os visitantes também vão conferir de perto 10 instrumentos criados pelo compositor, além de fotos de acervo pessoal, vídeos extraídos de diversos documentários e textos (também em braile) escritos por Antônio Risério. Tudo isso para a contar a história do artista, desde a infância no interior da Bahia, o começo de carreira, a Tropicália, o reconhecimento internacional, os prêmios e homenagens recebidas.

“Tom Zé – Grande Liquidação” foi por idealizada por Bete Calligaris, cantora, produtora cultural e amiga pessoal de Tom Zé. Além da curadoria, Vallias também assina o trabalho gráfico-visual da mostra.

Tom Zé 80 anos
Local: CAIXA Cultural São Paulo (Praça da Sé, 111 – Centro)
Data: de 13 de março a 20 de maio (de terça a domingo)
Horário: das 9h às 19h
Informações: (11) 3321-4400
Classificação indicativa: livre
Entrada franca

www.facebook.com/CaixaCulturalSaoPaulo