20.05.2020  /  11:37

Tom Brady é acusado de tentar lucrar com a pandemia ao lançar suplemento para aumentar a imunidade

Tom Brady || Créditos: Reprodução

Tom Brady está vivendo sua semana de “Giselo”. Glamurama explica: é que assim como Gisele Bündchen, que vez por outra diz algo que deixa muita gente irritada e depois disso simplesmente some do mapa até a poeira baixar, o marido da supermodelo anunciou na última segunda-feira que sua marca de suplementos esportivos, a TB12 Sports, está lançando um novo produto capaz de aumentar a imunidade de quem os usa, mas o timing para isso não pegou nada bem…

“Estou orgulhoso de apresentar pra vocês essa novidade, que vai fornecer a todos exatamente aquilo que precisam para se manterem saudáveis, fortes e resilientes para qualquer situação”, Brady explica em um vídeo publicado no Instagram oficial da TB12 Sports.

O problema é que o tal produto, que custa US$ 45 (R$ 256) nos Estados Unidos e é vendido em cápsulas, pode não ser lá isso tudo. Sem falar que o momento escolhido pelo atleta para lançá-lo, em plena pandemia de Covid-19, pode não ter sido exatamente o mais apropriado.

“Tom, isso é decepcionante”, Julia Offord, usuária do Twitter, escreveu sobre o lançamento. “Você tá querendo lucrar com o medo das pessoas por causa do novo coronavírus, como se fosse uma doença que pudesse ser prevenida com suplementos”, completou a tuiteira. Brady, que recentemente assinou um contrato de US$ 50 milhões (R$ 284,6 milhões) com o time de futebol americano Tampa Bay Buccaneers, ainda não se pronunciou sobre as críticas. (Por Anderson Antunes)

*

Abaixo, o produto polêmico lançado por Brady: