“Todas as Melodias”: Documentário que celebra a vida e a obra de Luiz Melodia estreia nesta segunda

1 Compartilhamentos
1
0
0
0
0
0
Luis Melodia | Crédito: Daryan Dornelles

A vida e a obra de Luiz Melodia estão registradas no documentário “Todas as Melodias”, de Marco Abujamra. O compositor, que estaria com 70 anos (ele morreu em 2017 em decorrência de câncer de medula) ganhou uma obra que mostra sua trajetória através de um rico acervo composto por registros de seu cotidiano e de suas performances musicais, além de entrevistas com pessoas que conviveram com o artista, gravadas exclusivamente para o longa.

Por meio desse olhar íntimo e afetivo, o público conhece a trajetória de Melodia, que sempre foi considerado um artista completo. Negro e pobre, ele enfrentou dificuldades  devido a sua cor e sua origem, mesmo depois do reconhecimento na carreira. Destaque para uma das cenas de “Todas as Melodias”, em que Jane Reis fala da ausência do marido, com quem foi casada por 40 anos. “Não existe possibilidade de ele acabar. Ele segue de várias formas. Ele se transforma, como o Gil diz: vive em trigo, morre em pão”.

O filme conta com a presença de diversos artistas, como Zezé Motta, Jards Macalé, Céu, Liniker, Arnaldo Antunes e Gal Costa que participam com depoimentos e apresentações de canções compostas por Melodia. Gal Costa, por exemplo, canta “Pérola Negra” e Arnaldo Antunes, “Magrelinha”. O longa ainda traz imagens antigas do poeta Waly Salomão, analisando e enaltecendo o estilo único do cantor. A estreia é acontece nesta segunda-feira (19), às 22h20,  no canal Curta!