Todas as faces de Whindersson Nunes: humorista, influencer fitness, marido de uma gata feminista…

25.01.2019  /  8:00

Whindersson Nunes // Reprodução Instagram

Ele foi criado na cidade de Bom Jesus, no Piauí, que tem cerca de 25 mil habitantes, mas ostenta em suas redes sociais 32 milhões de inscritos no YouTube e 26 milhões de seguidores no Instagram. É mole? Apesar dos números gigantescos, só se descobriu famoso quando lotou, em 2017, teatros com seu stand-up ‘Eita, Casei!’, em que fala sobre o casamento com outro fenômeno virtual, a cantora Luísa Sonza. Agora, Whindersson passou do humor quase infantil a influencer fitness: ex-gordinho, emagreceu 20 quilos e está com barriga tipo tanquinho. É muita determinação para uma pessoa que só tem 23 anos. (por Fernanda Grilo)

J.P: Ter mais seguidores no YouTube do que a população de um país é…
WHINDERSSON NUNES: Muito doido.

J.P: O que acha da fama?
WN: Não faço nada por fama, apenas meu trabalho naturalmente.

J.P: E quando entendeu que era famoso?
WN: Olha, quando eu lotei shows fora do país, viu?

J.P: Você se acha engraçado o tempo todo?
WN: Não… Sempre gosto de fazer uma piadinha aqui, outra ali. Mas tenho meus momentos de seriedade, juro! Sou ser humano, né, gente?

J.P: A internet deu voz a todos. Isso é bom ou ruim?
WN: Mais para bom do que para ruim. Deu liberdade, todo mundo pode opinar, mostrar um talento. Se não fosse ela, não estaria aqui.

J.P: Como lida com os haters?
WN: Ignoro qualquer tipo de comentário desnecessário. Mas nem toda crítica vem de haters. No caso de críticas construtivas, aceito tranquilamente e tento absorver da melhor forma possível. Afinal, quero sempre melhorar.

J.P: O que acha das crianças quererem ser youtubers?
WN: Massa! Muito bom saber que a internet está crescendo e para todos os públicos.

J.P: Acompanha os likes/deslikes?
WN: Sim, sempre!

J.P: Mania?
WN: Ficar olhando o celular o tempo todo, mesmo que não tenha nada para fazer nele…

J.P: Qual talento gostaria de ter?
WN: Falar inglês.

J.P: Ser casado com uma mulher feminista e gata é…
WN: Bom demais!

J.P: Você se arrependeu de algo no seu casamento milionário?
WN: O preço!

J.P: Por que o casamento virou show?
WN: Porque meu humor é minha vida.

J.P: Então, qual sua cena hilária da vida real?
WN: Uma vez tomei um remédio para dormir no avião. Quando acordei ainda estava parado, mas não tinha noção. Pensei: “Caramba, estamos em outra cidade”. Peguei minha mala, saí correndo e fui direto pedir para a aeromoça abrir a porta. Fiz o maior escândalo porque tinha show e achei que tinha dormido demais. Foi quando ela me falou: “Não, moço, a gente ainda nem decolou”.

J.P: Quem gostaria de ser?
WN: Eu.

J.P: Se pudesse mudar alguma coisa em você o que seria?
WN: …Censurado! Kkkkkkk

J.P: Todo comediante é…
WN: Um ator também.

J.P: O que faz você rir?
WN: Olha, o que me faz rir talvez sejam as coisas mais toscas do mundo. Dou risada de besteirol.

J.P: Qual a sensação de ser sarado agora?
WN: Rapaz, eu tô lutando muito pra chegar lá!