30.09.2020  /  14:52

Titi Müller revela que transou quando já estava em trabalho de parto: “Minhas contrações estavam demorando para engrenar. Aí chamei o Tomás e foi tiro e queda”

Titi e Benjamin // Reprodução Instagram

Titi Müller abriu o jogo em entrevista ao podcast “Calcinha larga”, nesta quarta-feira, sobre assuntos como libido e autoestima. Entre outras questões, a apresentadora do Multishow falou como está se sentindo em relação ao próprio corpo após o nascimento de Benjamin, que veio ao mundo em junho: “Não estou me achando sexy porque a minha autoestima está ‘uó’. Estou engordando a cada semana. Por mais que a gente tente ficar “uhuu, hare, hare” em relação a isso, não dá. E essa p… de pandemia também, né? A gente aqui tipo esbugalhada. Eu fiz meu cabelo essa semana pela primeira vez em sei lá quantos meses. A gente não sabe o que é depilação sei lá há quanto tempo”, reclamou bem humorada.

Ao ser questionada se transou com o marido, o músico Tomás Bertoni, durante a gravidez, Titi revelou que os dois fizeram sexo quando ela já tinha entrado em trabalho de parto: “Depois que entrei em trabalho de parto, eu transei. Não estava em trabalho de parto ativo, mas minha bolsa estourou às 4h da manhã e eu já comecei a ter umas contrações muito leves e gostosas. No início das contrações, vinha uma onda de ocitocina assim, juro, um amor, um amor… E eu precisava estimular o trabalho de parto e as contrações porque tem um negócio de bolsa rota que tem que nascer em no máximo 48 horas, e minhas contrações estavam demorando para engrenar. Aí chamei o Tomás e foi tiro e queda. Entrei em trabalho de parto logo em seguida.”