28.09.2015  /  17:45

Theatro Municipal de SP corta apresentações e Neschling desabafa

John Neschling inconformado com a situação do Municipal  ||  Créditos:  Andre Ligeiro
John Neschling inconformado com a situação do Municipal || Créditos: Andre Ligeiro

O Theatro Municipal de São Paulo anunciou cancelamentos em sua programação, incluindo duas das principais atrações agendadas para este ano. A apresentação da companhia La Fura Dels Baus, que estava marcada para novembro, só deve acontecer em 2016, enquanto a ópera “Così Fan Tutte” foi cancelada. As mudanças aconteceram por falta de apoio da iniciativa privada, que complementa as verbas do teatro. Diante das críticas feitas a sua administração nas redes sociais e blogs especialiados, John Neschling, diretor artístico do espaço, desabafou em sua página no Facebook. “O setor privado, que é quem mais usufrui da excelência dos nossos produtos (sim, produtos – somos uma fábrica, como qualquer outra), nesse momento se eximiu quase que completamente de suas responsabilidades frente ao Theatro Municipal (com raras e notáveis exceções)”, escreveu.

Em comunicado oficial, o Theatro Municipal explica que a temporada lírica de 2016 será composta por apenas três títulos: títulos líricos “Don Carlo”, de Verdi, “La Bohème”, de Puccini, e “Lady Macbeth de Mtsensk”, de Shostakovitch. As óperas “Il Trittico”, de Puccini, “Fosca”, de Carlos Gomes, e “Elektra”, de Strauss, que estavam previstas para o segundo semestre de 2016, não irão aos palcos. Para quem já comprou ingressos, a indicação é entrar em contato pelo telefone (11) 2626- 0857.