08.06.2020  /  15:21

Thaila Ayala lança marca de roupas com nome polêmico, é criticadíssima pelo público e obrigada a mudar planos

Thaila Ayala levou a sério a onda do tie dye, hit dessa quarentena no melhor estilo ‘faça você mesmo’. Usou suas redes sociais para anunciar o lançamento da marca de roupas batizada VIR.US.2020: “Em meio a esse caos nasceu @vir.us.2020 com o intuito de trazer conforto e um pouco de alegria pra vocês!”.

Com o marido Renato Goés e ela própria como garotos-propaganda, as peças viraram objeto de desejo entre nomes famosos como Ágatha Moreira, Isis Valverde, Maria Joana, Julia Faria e Paloma Bernardi, que mandaram mensagens comemorando e pedindo os looks criados pela atriz.

Rapidamente, Thaila abriu um perfil da nova ‘label’ no Instagram com a seguinte descrição: “Um vírus fez estremecer o planeta, fechar fronteiras, monitorar governos, segregar pessoas, amedrontar consciências e trancar portas. Imagina quando for o vírus do amor, da empatia e da união entre todos os seres? A Virus 2020 convida vocês para viralizar o melhor da vida e construir um novo mundo mais colorido, vamos juntos”.

O que ela não esperava é que a recepção do público não ia ser das melhores. Por conta do momento delicado pelo qual o planeta está passando com a pandemia de coronavírus, a turma não perdoou a ligação entre a marca e a tragédia. “Minha filha, que realidade paralela é essa que você vive?”, questionou um seguidor nas redes sociais. “Que legal. As famílias das milhares de pessoas mortas pelo vírus devem amar esse nome”, disse outro.” O lucro é destinado pra alguma causa em benefício das vítimas do verdadeiro vírus 2020 ou é só em benefício próprio mesmo?”, falou uma seguidora. “Vamos espalhar amor e empatia, galera! Pegue metade do seu auxílio emergencial pra pagar 300 conto numa peça de roupa básica! E olha que homenagem linda: Você que enterrou sua mãe por Covid, vai sempre poder lembrar dela ao usar Vírus 2020! Vem com a gente!”, criticou outro seguidor.

Rapidamente, Thaila tratou de tirar o perfil do ar e tudo o que se relacionava à marca. Nesta segunda-feira, voltou à cena com outro nome e novo perfil no Instagram, @amar.ca.2020, e o seguinte texto: “Somos uma marca nova e atenta, comprometida a escutar, trocar experiências, ser criativa e diversa. Queremos cada vez mais ter um canal aberto com vocês, adoramos ouvir e por isso nos inspiramos a mudar nosso nome. Agora somos a AMAR.CA.”

Em seu Instagram a atriz reforçou o pedido de desculpas:

View this post on Instagram

Estou acompanhando toda repercussão sobre o lançamento de AMAR.CA – já mudamos o nome. E quero pedir desculpa a todos vocês que apontaram as incongruências. Nunca quis romantizar a pandemia. Esse assunto nunca deve ser romantizado. Eu entrei como sócia de duas amigas que foram atingidas pela pandemia e, por causa dela, estavam com suas produções paradas. Pensamos em criar algo que gerasse renda neste momento, que fosse uma maneira de ajudar. Entendo que a escolha do nome não foi feliz e não hesitamos em mudar. Jamais quis ser insensível a quem está de luto neste momento delicado. Estamos abertos ao diálogo. Já tinha sido pedido que os comentários não fossem apagados nem silenciados nos posts, se algo assim voltar a acontecer, nos cobrem! Vamos sempre reforçar o compromisso com vocês, ouvir e melhorar.

A post shared by Thaila Ayala (@thailaayala) on