11.06.2018  /  15:19

Thaila Ayala explica por que não estará no elenco da próxima novela de Aguinaldo Silva

Thaila Ayala || Créditos: Reprodução/ Instagram

Um dos primeiros nomes cotados para “O Sétimo Guardião” foi o de Thaila Ayala. Aguinaldo Silva deixou claro que queria a atriz como sua vilã no horário nobre… Seria a volta dela às novelas desde “Sangue Bom”, de 2013. Estava tudo acertado, mas…

“Nesse meio tempo…”

“Rolou um convite, uma conversa, mas há muito tempo. Ainda era outra ideia de trama… Era sobre um lobo, não um gato [a história tem elementos de realismo fantástico]…” A novela foi adiada – era para ter entrado no lugar de “O Outro Lado do Paraíso”, mas “Segundo Sol” passou na frente na fila da faixa das nove da Globo. “E nesse meio tempo acabei fechando contrato de dois anos com o Netflix, então não casou. Mas estou superaberta a novelas. Se rolar outra oportunidade, um convite bacana, vou querer fazer com certeza”.

Bossa Nova

“Amo meu trabalho… Cinema, teatro, que é mais difícil pra mim agora que estou lá [nos Estados Unidos] e cá, TV… Não posso falar nada sobre a série do Netflix, chamada ‘Coisa Mais Linda’. Mas já estamos em pré-produção e vamos filmar até outubro, aqui no Brasil: São Paulo e Rio”. A plataforma de streaming divulgou apenas uma minisinopse sobre o novo produto, ambientado nas décadas de 1950 e 1960: “Depois do desaparecimento do marido, Maria Luiza transforma a propriedade dele numa casa noturna de bossa nova e desperta para a própria independência”.

Querendo ou não…

Enquanto isso, como ficam as investidas de Thaila para conquistar uma carreira internacional? Ela tinha se dado um prazo até março deste ano para deslanchar nos Estados Unidos… “Mas tudo saiu desse prazo. Minha ideia anterior era passar de dezembro a março em Los Angeles, me dedicando a isso, e acabei passando aqui no Brasil, filmando. A gente se programa, mas as coisas vão fazendo seus percursos diferente do planejado. Tenho a série e depois um filme aqui, isso deve ir até novembro, dezembro. Então acho que só ano que vem volto a morar nos Estados Unidos”.

De qualquer forma… “Estou com meu agente lá. Netflix, querendo ou não, vai pro mundo todo… Tudo foi acontecendo, fui aproveitando as oportunidades. Continuo treinando meu inglês e meu sotaque para, se rolar, eu estar preparada”.

“Tudo com Renato Goes é muito intenso”

Quem deve estar feliz com essa temporada de Thaila no Brasil é Renato Goes, namorado dela. E não é que a moça de espírito tão livre tem dividido com seus seguidores nas redes sociais todo esse clima de romance no ar? “É bom! Todo mundo procura uma paixão. Estou sempre tentando me apaixonar. A gente é movido a amor, paixão… Primeiro vem a paixão, depois o amor… Quando estou muito perdida, fora disso, procuro voltar a focar no que é o mais importante na vida, no amor”.

Perguntamos o que ela mais gosta no Renato. “Não me apaixono por uma coisa, e sim pelo todo. Mas acho que é a intensidade. Tudo com ele é muito intenso”.

Thaila Ayala e Renato Goes || Créditos: Reprodução/ Instagram

Pé na bunda

Thaila está em cartaz no cinema com “Talvez uma História de Amor”, ao lado de Mateus Solano. “É diferente das comédias brasileiras e dos romances americanos… É um mix dos dois”. Na história, sua personagem dá um “pé na bunda” de Virgílio [papel de Mateus], que, então, decide apaga-la de sua memória. “Já levei pé na bunda, óbvio. Mas eu mais dei do que levei. Com certeza é pior levar do que dar. Só que tem situações em que dar também é muito difícil. Acho que tudo é uma evolução, um aprendizado, você usa para o próximo relacionamento. Se apagar a pessoa da memória, excluir, deletar, vai estar saindo de uma relação sem aprender nada. A gente está nessa vida para aprender… Os encontros são para evoluir…” (por Michelle Licory)