01.08.2020  /  9:00

Tchau, aviação comercial! Pandemia faz demanda por viagens de jatinho aumentar nos EUA

Viajar de jatinho nos EUA está deixando de ser luxo || Créditos: Reprodução

Nem todas as indústrias estão sofrendo com as consequências da redução drástica de consumo causadas pela pandemia de Covid-19. Uma das que mais crescem nos Estados Unidos, por exemplo, é a de aviação privativa, já que por lá o número de pessoas que têm preferido viajar de jatinho e com menos gente por perto nesses tempos de luta contra o novo coronavírus só faz aumentar.

Há, inclusive, um dado recente que evidencia claramente essa nova “tendência”: no dia seguinte ao último feriadão do 4 de Julho, quando se celebra a Independência dos EUA, os voos comerciais registraram uma queda de 74% em relação ao volume do ano anterior, enquanto os privativos aumentaram 5% na comparação com o mesmo período.

Outro fator que explica o aumento de tal demanda tem a ver com a quantidade de empresas que agora oferecem voos em jatinhos no país, o que fez o valor por alguns trechos cair de US$ 10 mil (R$ 51,1 mil) para algo entre US$ 300 (R$ 1.562) e US$ 500 (R$ 2.603) por pessoa. Considerando que não é muito mais do que se pagaria para embarcar em um avião de carreira, dá pra dizer que nem luxo é mais. (Por Anderson Antunes)