Taylor Swift e a mansão que já foi de Samuel Goldwyn
Taylor Swift e a mansão que já foi de Samuel Goldwyn || Créditos: Getty Images/Reprodução

Taylor Swift contrata time de arquitetos para reformar mansão histórica em LA

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Taylor Swift e a mansão que já foi de Samuel Goldwyn || Créditos: Getty Images/Reprodução
Taylor Swift e a mansão que já foi de Samuel Goldwyn || Créditos: Getty Images/Reprodução

Depois de comprar, em 2015, uma mansão histórica localizada em Beverly Hills que pertenceu ao produtor de cinema Samuel Golwdyn, um dos fundadores dos estúdios MGM, Taylor Swift contratou um time de arquitetos para restaurar a propriedade de acordo com o projeto original, de 1934. Com mais de mil metros quadrados de área construída, a mansão foi palco de festas de arromba da era de ouro de Hollywood, no fim dos anos 1930, quando era frequentada por alguns dos maiores artistas americanos da época.

Swift pagou US$ 27 milhões (R$ 87,1 milhões) pela residência e, por se tratar de um imóvel de época, ela precisou de autorização das autoridades de Los Angeles para prosseguir com a obra, já aprovada. A cantora também possui outros imóveis na região de Beverly Hills, além de uma casa em Nashville e um apartamento em Nova York que já serviu de residência para outro grande nome do cinema: o diretor Peter Jackson, de “O Senhor dos Anéis”. (Por Anderson Antunes)