29.11.2016  /  12:35

Tataraneto de fundador da Fiat é preso em NY após confusão com prostituta

Lapo Elkann || Créditos: Getty Images
Lapo Elkann || Créditos: Getty Images

O italiano Lapo Elkann, frequentador do jet set internacional, foi detido pela polícia de Nova York na noite desta segunda-feira após se envolver em uma confusão com uma prostituta. De acordo com um comunicado sobre o caso divulgado pelas autoridades da cidade, ele teria ligado para um assessor na hora de acertar as contas com a profissional e, para não ter que revelar o verdadeiro motivo da despesa, disse que havia sido sequestrado e precisava da quantia para pagar seu resgate.

O problema é que o tal assessor achou melhor ligar para a polícia, que acabou desvendando a história. Preso sob a acusação de falsa comunicação de crime, Lapo foi liberado com a condição de se apresentar à justiça americana em 25 de janeiro.

Não é a primeira vez que Lapo, que é tataraneto do fundador da Fiat Gianni Agnelli, se envolve em uma polêmica neste ano. Em maio ele foi acusado por Uma Thurman de beijá-la sem seu consentimento durante um leilão beneficente da amfAR, em Cannes, e quase foi processado pela atriz. (Por Anderson Antunes)