11.11.2017  /  8:00

Taschen lançou em Paris livro que reúne todos os trabalhos de Beatriz Milhazes

Beatriz Milhazes com uma das cópias de “Milhazes” o novo livro da Tascen que reúne todo trabalho criado pela artista brasileira || Créditos: Divulgação

Foi na última quinta-feira, mais precisamente em Paris, que a artista brasileira Beatriz Milhazes viu de perto a publicação editada pela Taschen que homenageia todos os trabalhos criados por ela ao longo da carreira. “Milhazes” é uma edição de colecionador e foi anunciada oficialmente por Marlene Taschen e por Frédéric Paul, um dos curadores do Centre Pompidou, na presença da própria artista e também de alguns poucos convidados, como Pedro Marcos de Castro Saldanha, da embaixada do Brasil em Paris, e Hervé Chandés, que introduziu Beatriz ao cenário cultural parisiense, com uma instalação montada na Fundação Cartier em 2009.

Frédéric Paul, Beatriz Milhazes e Marlene Taschen || Créditos: Divulgação

Completa e detalhada, a publicação apresenta o trabalho de Milhazes em ordem cronológica. Conta com uma entrevista inédita com a artista e uma biografia que tem como principal objetivo decifrar seu trabalho. Limitado a apenas mil unidades, todas assinadas e numeradas, o livro conta ainda com uma versão artsy, que vem em uma caixa criada especialmente para colecionadores – apenas 100 unidades estão disponíveis e todas assinadas pela artista, claro. O lançamento no Brasil ainda não possui data marcada, mas o livro já é um must have para quem acompanha de perto o trabalho de uma das artistas brasileiras mais famosas mundo afora.

Beatriz assinando uma das mil cópias do livro lançado essa semana em Paris || Créditos: Divulgação