Só no celular... || Créditos: Getty Images

Tá liberado: 3 coisas que Obama não podia fazer como presidente e que agora pode

04.08.2017  /  10:56

Barack Obama || Créditos: Getty Images

Pela primeira vez desde 2009, quando assumiu a Casa Branca depois de vencer a eleição para presidente dos Estados Unidos no ano anterior, Barack Obama vai poder festejar seu aniversário sem a pompa e circunstância que o cargo lhe impunha. Difícil é saber como o democrata pretende celebrar os 56 anos de vida que completa nesta sexta-feira, já que na condição de ex-presidente também não precisa mais dar satisfações para a imprensa sobre todos os seus passos.

Mas a gente aposta que Obama vai passar a data se dedicando a alguns dos hobbies que se viu obrigado a abandonar logo que assumiu o comando da nação mais poderosa do planeta, seja por questões de segurança ou simplesmente porque tinha trabalho demais nas mãos. A seguir contamos três desses passatempos favoritos dele!

Golfe, uma das paixões do ex-presidente || Créditos: Getty Images

Jogar golfe

Fã do esporte, Obama raramente dava suas tacadas em seus tempos de Salão Oval. Não somente por falta de tempo mas sobretudo porque qualquer flagra dele em um momento relax praticando golfe poderia gerar comentários maldosos e críticas de adversários. No fim do ano passado, no entanto, ele e Michelle Obama compraram uma casa de praia na Califórnia que, não por acaso, fica em uma região do estado repleta de campos de golfe e cuja população local é formada basicamente por aposentados.

Obama na ilha de Richard Branson || Créditos: Reprodução

Fazer turismo

Tá certo que Obama viajou para vários países em seus oito anos de governo, mas nessas ocasiões nunca tinha a chance de fazer turismo como qualquer mortal, já que seu staff de assessores e seguranças era monumental e, como manda a lei americana, deveria acompanhá-lo em tempo integral. O problema é que o político adora bater perna e visitar novos lugares, e talvez por isso tenha viajado tanto desde que deixou a presidência para lugares como a Necker Island, a propriedade paradisíaca do bilionário inglês Richard Branson nas Ilhas Virgens Britânicas, onde fez até aulas de kitesurf.

Só no celular || Créditos: Getty Images

Usar o celular

Pra quem viu e fez de tudo, não seria surpresa se Obama resolvesse passar o aniversário usando o celular, até porque ele não podia fazer isso quando estava na Casa Branca – os agentes do Serviço Secreto responsáveis pela segurança do presidente dos Estados Unidos e de seus familiares confiscaram o BlackBerry dele antes mesmo da posse e lhe deram em troca um outro aparelho sem muitas funções porém menos suscetível a hackers. Foi por isso, aliás, que ele deixou de postar em seu perfil pessoal no Twitter, embora já tenha voltado à ativa no microblog. Falando nisso, uma de suas primeiras compras de Obama ex-presidente foi justamente um iPhone tinido de novo que deve estar bombando de mensagens neste momento. (Por Anderson Antunes)