29.12.2020  /  15:08

Surpreendidos com quarentena, centenas de turistas britânicos promovem fuga de estação de esqui na Suíça

Verbier, na Suíça, é point de encontro de brits nessa época do ano
Verbier, na Suíça, é point de encontro de brits nessa época do ano || Créditos: Reprodução

Um grupo de turistas britânicos que curtia férias de fim de ano na famosa estação de esqui Verbier, point badalado nessa época na Suíça, não quis saber de aguardar a quarentena de 10 dias imposta pelas autoridades locais por conta da Covid e acabou “escapando clandestinamente” para o Reino Unido durante a noite e a madrugada no último fim de semana.

A quarentena foi declarada pelos suíços depois do desembarque dos ingleses no país e tão logo o governo britânico anunciou a descoberta de uma nova variante do coronavírus – o que resultou no fechamento de vários países da Europa para os súditos da rainha Elizabeth II.

No caso dos fujões de Vernier, cerca de 200 dos 420 que estavam no resort no último fim de semana resolveram arriscar uma volta a qualquer custo para casa ilegal, via França. Nenhum deles foi descoberto durante a empreitada, e atualmente ainda restam 10 britânicos “presos” em terras suíças.

Esses últimos continuam hospedados em hotéis e resorts de lá, mas nada de luxo. Em alguns casos, os turistas estão sendo obrigados a dividir quartos minúsculos com até três pessoas. “A gente meio que entende, esse tipo de situação deve ser insuportável”, disse em entrevista Jean-Marc Sandoz, da prefeitura de Bagnes (onde ficar Vernier) sobre a fuga em massa. (Por Anderson Antunes)