05.01.2020  /  9:00

Sumido da telona, Jack Nicholson tem portfólio de imóveis e obras de arte avaliado em mais de R$ 1 bi

Jack Nicholson || Créditos: Reprodução

Entra ano e sai ano e as notícias de que Jack Nicholson morreu teimam em pipocar de vez em quando na internet, sobretudo porque ele tem aparecido cada vez menos na telona. O único porém é que o ator de 82 anos continua vivinho da silva, e assim deverá permanecer por muito tempo ainda. “Ele está ótimo. Está 100%”, afirmou em dezembro Duke Nicholson, neto do astro hollywoodiano e ator como o avô, em entrevista para a “The Hollywood Reporter”.

O fato é que Nicholson, um dos maiores nomes do cinema moderno, hoje em dia anda mais preocupado em cuidar dos imóveis e da vasta coleção de obras de arte que tem do que em aparecer, o que fez durante praticamente a vida inteira. E realmente ele precisa de bastante tempo para isso, já que só em imóveis espalhados por várias cidades americanas ele possui atualmente o equivalente a US$ 100 milhões (R$ 404 milhões).

Desse portfólio imobiliário, a principal joia da coroa é o complexo residencial que o Jack Torrance de “O Iluminado” tem na Mulholland Drive de Beverly Hills, em Los Angeles. Como não gosta de vizinhos, Nicholson foi comprando as casas nos arredores da propriedade ao longo dos anos e mandou demolir uma a uma, o que resultou em um terreno gigante em uma das áreas mais valorizadas de LA.

Mas, o que pouca gente sabe, é que Nicholson começou a colecionar obras de arte nos anos 1960 e nunca mais parou, e hoje em dia é dono de uma vasta coleção que inclui trabalhos assinados por Picasso, Matisse, Rodin, Botero, Bouguereau, Modigliani, Magritte, e Andy Warhol. Somados, esses trabalhos valem entre US$ 100 milhões (R$ 404 milhões) e US$ 150 milhões (R$ 606 milhões), de acordo com as estimativas mais conservadoras. (Por Anderson Antunes)

A mansão de Nicholson na Mulholland Drive de LA || Créditos: Reprodução