08.11.2018  /  10:23

Sucesso nas passarelas mundiais, Barbara Fialho investe na música com apadrinhamento da família Marley

Barbara Fialho, modelo de prova e passarela da Victoria’s Secret || Créditos: Abraham Studios

Passou das 7 horas e o despertador não perdoa: é dia de Victoria’s Secret Fashion Show, bebê. Neste ano, o desfile acontece em Nova York e Barbara Fialho comemora mais um ano integrando o mais poderoso casting do mundo (além dela, as brasileiras que também riscam a passarela são Gizele Oliveira e as “Angels” Laís Ribeiro e Adriana Lima). Esta é a sétima vez que Barbara participa do desfile e a empolgação em fazer parte do show da marca não diminui. E foi justamente na véspera da apresentação que Glamurama conversou com a mineira de 30 anos, que divide a agenda de modelo com a de cantora – isso mesmo!

Nestes novos ventos, Barbara se prepara para lançar ainda em 2018 dois singles: “True Love Baby” e “Um Beijo”, ambos em parceria com familiares de Bob Marley. A primeira foi composta e gravada com Stephen Marley, filho do ícone do reggae, e a segunda com Jo Mersa, neto dele e filho de Stephen. Ah! Depois de um rápido envolvimento com Lenny Kravitz que tomou todas as manchetes no início do ano, Barbara curte a fase musical solteira, diga-se de passagem.

Glamurama: Como você e Jo Mersa Marley se conheceram e como pintou a ideia de fazer música juntos?
Barbara Fialho: “O conheci gravando com o pai dele, Stephen Marley, no estúdio da família em Miami. Stephen Marley conheci através do Yo Marley, que é um amigo querido do meu do coração e está trazendo essa oportunidade de trabalhar com a família dele.”

Glamurama: O que podemos esperar de “Um Beijo”? Vocês dois cantam e tocam?
Barbara Fialho: “‘Um Beijo’ é uma música que fala daquela sensação que a gente sente quando está conhecendo alguém novo e se apaixonando, mas ainda não aconteceu, não rolou o primeiro beijo, a pessoa não sabe direito se é amor ou não. É muito legal esse momento, traz um frescor, a gente se sente criança de novo. A canção faz uma ponte entre Brasil e Jamaica, samba, bossa nova e reggae. Espero que as pessoas gostem! Eu compus e produzi em parceria com Duani, meu produtor e diretor musical.”

Glamurama: Como a música foi feita?
Barbara Fialho: “Fui para Miami mostrar para Stephen a música ‘True Love Baby’ e depois mostrei para o Jo ‘Um Beijo’.  Imediatamente começamos a compor a parte dele e gravamos na sequência. Foi uma conexão musical rápida. Sinto muito orgulho e quero desfrutar desse momento com a família Marley o máximo possível porque é uma benção gigante.”

Glamurama: Espera que ela seja mais sucesso no Brasil ou no exterior?
Barbara Fialho: “Não penso muito em sucesso, quero continuar construindo minha carreira como cantora com paciência, determinação e perseverança porque nada acontece do dia para a noite. Só espero que as pessoas gostem, que se sintam felizes ouvindo e que elas beijem muito.”

Glamurama: Vocês planejam fazer show juntos?
Barbara Fialho: “Sim, já estamos preparando um show em ‘brevíssimo’, antes do final de novembro.”

Glamurama: Jo Mersa Marley é muito conectado com a herança musical do avô?
Barbara Fialho: “Todos os integrantes da família Marley têm muito orgulho de Bob Marley, como todos nós temos. É uma herança musical bonita e há um respeito muito grande da família toda. É uma honra porque a história do Bob Marley é mais do que apenas música, tem uma mensagem de amor, paz, consciência e compaixão que o mundo precisa hoje em dia. A música do Bob fala sobre a essência, a mensagem que ela traz.”

Glamurama: Como foi a troca entre vocês?
Barbara Fialho:“Imediata. Ele é muito elétrico e eu também, e gosto muito de estar no estúdio. Ao longo de dois dias passamos cerca de 15 horas juntos, viramos noites. É uma conexão que necessita dessa intensidade e entrega. Ele viaja muito e eu também, então aproveitamos o tempo que tínhamos com muito foco, mas ele é muito legal e engraçado, então a gente também se diverte muito trabalhando.”

Glamurama: Você pretende lançar um CD algum dia?
Barbara Fialho: “Estes dois singles que vamos lançar, ‘True Love Baby’ e ‘Um Beijo’, dão início a uma nova fase e vamos lançar um EP com seis músicas no final de fevereiro, a tempo do Carnaval, para todo mundo poder curtir essa mistura de Brasil com Jamaica como estamos fazendo também.”

Yo Marley, Barbara Fialho, Jo Mersa Marley e Duani no estúdio dos Marley em Miami || Créditos: Arquivo Pessoal

Glamurama: Como é feita a seleção das modelos para o Victoria’s Secret Fashion Show?
Barbara Fialho: “A seleção de modelos do desfile da Victoria’s Secret geralmente acontece mais ou menos um mês e meio antes. É um casting muito competitivo, em que todo mundo se encontra porque é um trabalho que todas querem fazer. É muito lindo fazer parte dele, então é um momento muito especial quando recebe a ligação dizendo que está confirmada.”

Glamurama: Algo mudou neste aspecto ao longo dos anos?
Barbara Fialho:“O processo de seleção acredito que não mudou, mas ele naturalmente vai se transformando. O novo sempre vem, é a natureza do nosso mercado: novas modelos, belezas e talentos. Na música, na arte, no entretenimento em geral.”

Glamurama: Há diversidade no casting da Victoria’s Secret?
Barbara Fialho: “Acho que este ano é um dos mais diversos. Fiquei muito feliz quando vi a Winnie Harlow fazendo parte, várias meninas de países diferentes e, claro que fico muito contente em ser uma das quatro brasileiras escolhidas por eles.”

Glamurama: Como é o clima de bastidores do desfile?
Barbara Fialho: “Muito gostoso! Porque todo mundo ali já ganhou (risos), não tem mais competição. É um dia de muita alegria e comunhão, eu tenho muita sorte de estar cercada de mulheres tão maravilhosas que me inspiram em vários aspectos.”

Barbara Fialho no Victoria’s Secret Fashion Show 2017 em Xangai || Créditos: Getty Images

Glamurama: Você fica muito nervosa nas vésperas ?
Barbara Fialho: “Sempre fico nervosa, mas do mesmo jeito que uso minha técnica de meditação e respiração para cantar, uso para fazer o desfile também. Sentir essa ansiedade faz parte, mas esse preparo é muito importante para mim. É um momento especial, então tento me acalmar, rezar, respirar e aproveitar porque passa muito rápido.”

Glamurama: Qual é a diferença em participar de um desfile da VS de um convencional?
Barbara Fialho: “A mágica da VS é inigualável. Não tem nenhum outro evento assim no mundo porque eles se dedicam muito para criá-lo, então fico muito orgulhosa de fazer parte e vê-los trabalhar de tão perto. Espero estar em muitos desfiles ainda, se Deus quiser.”

Glamurama: Conte-nos sobre seus preparativos dias antes do desfile: como se alimenta, qual o ritmo de exercícios e tratamentos estéticos?
Barbara Fialho: “Como trabalho como modelo de prova para a marca, minha disciplina tem que ser durante o ano inteiro. Começo em março a fazer a prova de roupa, então para ser bem sincera minha rotina não muda tanto. O que tento fazer nas vésperas do desfile é descansar, beber água, malhar, comer saudável, dormir e curtir um pouco com meus amigos, tudo para diminuir um pouco a ansiedade. É muito importante a mente estar bem, as vezes até mais do que o corpo. Não adianta deixar para última hora para ficar pronta para um desfile como o da VS, tem que fazer com antecedência. Agora, é o espirito, a energia e a vibração do momento que a câmera vai pegar, então se você se dedica e se prepara com antecedência consegue aproveitar a experiência e torná-la realmente inesquecível.”

*O Victoria’s Secret Fashion Show 2018 acontece nesta quinta-feira, em Nova York, e vai ao ar no dia 2 de dezembro no site da marca e na TV, em diferentes canais pelo mundo. As atrações que vão se apresentar no desfile deste ano são: Halsey, Bebe Rexha, The Chainsmokers, Kelsea Ballerini, Rita Ora, Shawn Mendes e The Struts. (Por Julia Moura)