25.07.2020  /  8:27

Sucesso da Tesla na bolsa rendeu US$ 2,7 bi extras para Elon Musk nessa semana. Entenda!

Elon Musk || Créditos: Reprodução

Não bastasse ter se tornado o quinto homem mais rico do mundo nessa semana, em razão da disparada da Tesla Motors na bolsa de valores, Elon Musk também levou pra casa na última quinta-feira um bônus de US$ 2,7 bilhões (R$ 14,1 bilhões). Cofundador e maior acionista da montadora de carros elétricos, o bilionário sul-africano tem direito a receber 1,69 milhão de ações da empresa cada vez que seu valor de mercado aumenta em US$ 50 bilhões (R$ 260,6 bilhões) – algo que aconteceu várias vezes nos últimos doze meses – sendo que no momento está em US$ 280,7 bilhões (R$ 1,46 trilhão).

O montante foi pago a ele em ações da companhia, que ele poderá vender a partir de um período específico não revelado, mas que nesses casos geralmente gira em torno de seis meses a um ano. Se até lá a Tesla se valorizar ainda mais no mercado de capitais, como muitos analistas acreditam que irá acontecer, o namorado da cantora Grimes provavelmente vai embolsar mais algumas centenas de milhões de dólares extras. Pra quem sonha em conquistar Marte, um projeto caríssimo, é uma notícia mais do que boa. (Por Anderson Antunes)