22.11.2016  /  12:54

Stylist das famosas comenta os looks das brasileiras no Emmy 2016

looks-emmy
Grazi Massafera, Camila Queiroz e Maria Eugência Suconic || Créditos: Getty Images

Nova York foi palco na noite dessa segunda-feira da 44ª edição do Emmy Awards – noite que premia programas e estrelas da TV. Entre os brasileiros que marcaram presença no evento, saíram vitoriosos o elenco de “Verdades Secretas”, pelo prêmio de Melhor Novela do ano. Grazi Massafera concorreu também ao prêmio de “Melhor Atriz” por seu papel como Larissa na novela, mas perdeu para a alemã Christiane Paul. A atriz foi uma das que mais brilhou na noite, ao lado das também brasileiras Camila Queiroz, Agatha Moreira e Maria Eugênia Suconic, e aproveitou a noite para postar sua primeira foto ao lado do atual namorado, o empresário Patrick Bulus.

Enquanto a maioria das atrizes americanas tem optado por deixar muita pele à mostra na hora de marcar presença em tapetes vermelhos, haja visto Chrissy Teigen no AMA 2016, as brasileiras optaram por modelos austeros e clássicos, com destaque para o vestido Dolce & Gabbana de Grazi Massafera e do vestido à la princesa de Maria Eugênia Suconic, conhecida por suas produções “fora da caixinha”, criado pelo brasileiro Samuel Cirnansck. Diante da diversidade de estilos, Glamurama perguntou à stylist Manu Carvalho, que tem entre suas clientes Isis Valverde e Carolina Ferraz, o que ela achou das escolhas fashion das atrizes. Confira:

“No geral elas foram bem tradicionais e eu entendo a escolha. É uma ocasião muito importante e a gente quer ir no seguro, já que não estamos no topo e um evento importante e internacional pode intimidar um pouco. As atrizes internacionais estão em outro contexto”, disse Manu.
“Camila Queiroz e Maria Eugênia foram bem princesas, enquanto Grazi optou por um modelo sequinho.
Achei boa a escolha da Grazi em ir de manga comprida, que é bem elegante e também uma tendencia de moda festa do momento vinda do século passado,” continuou.
“Acho positivo usar marcas brasileiras em eventos com tanta visibilidade, como fez a Mareu [Maria Eugênia Suconic]. Ainda mais hoje, que estamos rompendo com a era da globalização e entrando em uma era mais individualista e nacionalista. Sempre achei que usar estilista brasileiro fortalece o nosso business, e agora mais ainda que estão todos voltando pra si, também é hora da gente se voltar para a gente. A silhueta princesa usada pela apresentadora suavizou sua atitude jovem com cores que combinam com as cores dela. Ficou harmônico.”

Confira abaixo fotos de mais looks da noite e a lista de vencedores.


Melhor ator
Dustin Hoffman  (“Roald Dahl’s esio trot”) – Reino Unido
Alexandre Nero  (“A regra do jogo”) – Brasil
Florian Stetter  (“Nackt unter wölfen”) – Alemanha
James Wen  (“Echoes of time”) – Cingapura

Melhor atriz
Judi Dench (“Roald Dahl’s esio trot”) – Reino Unido
Jodi Sta. Maria  (“Pangako sa’yo”) – Filipinas
Grazi Massafera  (“Verdades secretas”) – Brasil
Christiane Paul  (“Under the radar”) – Alemanha

Comédia
“Dix pour cent”  – França
“Hoff the record” – Reino Unido
“Puppet nation ZA” – África do Sul
“Zorra” – Brasil

Novela
“30 Vies – Samuel Pagé” – Canadá
“Bridges of Love” – Filipinas
“A Regra do Jogo” – Brasil
“Verdades Secretas”  – Brasil

Minissérie
“Capital” – Reino Unido
“Nackt Unter Wölfen” – Alemanha
“Os Experientes” – Brasil
“Splash Splash Love” – Coreia do Sul

Programa de entretenimento não-roteirizado
“Adotada” – Brasil
“Allt för sverige” – Suécia
“Gogglebox” – Reino Unido
“I can see your voice” – Coreia do Sul