22.02.2021  /  9:47

Soo-Yi Previn e Woody Allen se pronunciam sobre série documental na qual ele é acusado de abuso

Soo-Yi Previn e Woody Allen
Soo-Yi Previn e Woody Allen || Créditos: Reprodução

A estreia, nesse domingo, de uma série documental sobre as controversas acusações de abuso sexual feitas décadas atrás contra Woody Allen pela própria filha dele, Dylan Farrow, foi recebida com fortes críticas do cineasta. Em nota co-assinada com a esposa Soo-Yi Previn, ele classificou as alegações dela apresentadas no primeiro episódio da atração como “categoricamente falsas”, e lembrou que toda a investigação formal sobre o caso concluiu há muito tempo que Dylan provavelmente foi forçada a acreditar na versão do suposto abuso pela mãe, a atriz Mia Farrow.

Intitulado “Allen v. Farrow”, a série dirigida pela dupla Amy Ziering e Kirky Dick e produzida pela HBO americana foi aprovada pela crítica especializada e está sendo considerada por muitos como um dos mais reveladores relatos sobre o caso que já entrou para o rol das maiores polêmicas da história de Hollywood.

“Infelizmente, não chega a ser surpresa que uma grande rede de televisão como a HBO, que por sinal mantém uma relação formal com Ronan Farrow [outro filho de Allen com Mia Farrow] teve a decisão triste de levar tudo isso ao ar”, Soo-Yi e Allen disseram no comunicado. “E apesar de essa produção suspeita ter sido feita exclusivamente para chamar minha atenção, seu conteúdo não muda os fatos”, completou o casal. (Por Anderson Antunes)