06.07.2020  /  19:31

Sônia Hess fala do Fundo Dona de Mim, que fornece microcrédito para mulheres empreendedoras: “A mulher acha que tem que acertar desde o começo”

Quando o assunto é empreendedorismo, Sônia Regina Hess sai na frente e é um exemplo de mulher empreendedora no país. A convidada da live dessa segunda-feira é natural de Santa Catarina, esteve à frente da camisaria Dudalina, empresa da família, por 12 anos, e hoje é vice-presidente do Grupo Mulheres do Brasil. Além disso, Sônia arranjou uma maneira de ajudar quem quer empreender criando o Fundo Dona de Mim, que fornece microcrédito para mulheres empreendedoras individuais.

Sônia contou como surgiu essa ideia: “Conheço há muito tempo duas mulheres que tem o banco de microcrédito Pérola. Sou investidora delas e sempre admirei muito o trabalho que fazem. Um dia, uma menina que vende quentinhas no Rio de Janeiro e para quem faço mentoria, me ligou falando das dificuldades que tinha: na geladeira dela cabiam apenas 30 quentinhas e se tivesse um freezer caberiam 120. Em outro momento, minha manicure falou que fazia jogos americanos de crochê mas precisava de dinheiro para comprar linha, aí pensei: “‘Por que não começar a fazer microcrédito só para mulheres?’ Falei com as meninas do Pérola e elas toparam. Perguntei para a Ana Fontes, da Rede de Mulher Empreendedora, se ela conhecia mulheres com quem a gente pudesse trabalhar. Contei também com a ajuda de Alice Coutinho, que apresentou o Dona de Mim”.

Ela também analisou a situação da mulher no mercado de trabalho e suas inseguranças “Todo mundo erra. A mulher acha que tem que acertar desde o começo, que tem que prestar conta a todo mundo. É bem complexo isso. Uma mulher que vai se candidatar a um cargo tem que estar 100% pronta, o homem com 60% já tem seu lugar”, frisa. Confira o papo completo!

 

Ver essa foto no Instagram

 

E viva o programa Dona de Mim, para ajudar quem não tem trabalho

Uma publicação compartilhada por Glamurama (@glamurama) em