10.11.2017  /  12:01

Sócio do Facebook, Sean Parker critica o site por se “aproveitar da fraqueza humana”

Sean Parker || Créditos: Getty Images

Primeiro grande investidor a colocar dinheiro no Facebook, Sean Parker fez duras críticas ao site de relacionamentos durante um evento sobre tecnologia e mídia do qual participou nesta quarta-feira e que teve como palco o National Constitution Center, na Filadélfia. Para o bilionário, que foi interpretado por Justin Timberlake no filme “A Rede Social”, o Facebook realmente mudou a vida das pessoas, mas não para a melhor.

“As consequências não intencionais de uma rede que atinge bilhões de pessoas são as mudanças drásticas causadas na maneira como elas se relacionam com a sociedade e entre si”, ele disse, antes de afirmar que o Facebook se “aproveita das fraquezas da psicologia humana” para chamar a atenção de seus usuários a qualquer custo.

Parker argumentou ainda que o maior problema é evitar que isso acabe afetando os mais jovens, justamente os mais presentes na rede social. “Só Deus sabe o que o Facebook está fazendo com os cérebros das nossas crianças”, ele falou, deixando claro que todos os envolvidos na criação do site, inclusive Mark Zuckerberg, sabiam lá atrás que o resultado seria esse.

No final do discurso, ele até fez piada sobre a possível reação do cofundador do Facebook quando ficasse sabendo o que havia dito. “Ele é capaz de me bloquear”, brincou. Ex chairman do Facebook, Parker tem cerca de 14,5 milhões de ações da empresa, que valem perto de US$ 2,6 bilhões (R$ 8,5 bilhões) e representam a maior parte da fortuna pessoal dele. (Por Anderson Antunes)