05.08.2015  /  11:54

Série de João Jardim desvenda os relacionamento a três

 

aa
“Amores Livres” estreia nesta quarta-feira, no GNT || Crédito: Divulgação

Você sabe o que é poliamor, certo? A nova série de João Jardim, “Amores Livres”, vai adentrar no universo dos relacionamentos abertos, nos quais as pessoas se relacionam afetiva e sexualmente com mais de uma pessoa ao mesmo tempo, de forma consensual. O programa, que estreia nesta quarta-feira às 22h30 no GNT, vai trazer ao longo de dez episódios a rotina de casais que abandonaram a monogamia e passaram a adotar o poliamor.

“A série revela o protagonismo feminino na afirmação da possibilidade de existência de diferentes formas de relações não monogâmicas, mostrando como este movimento vem do desejo das mulheres em legitimar relações afetivas mais verdadeiras com seus parceiros e com seu próprio corpo”, explica João Jardim, que também dirigiu o longa “Getúlio” e os documentários “Janela da Alma” e “Lixo Extraordinário”.

No primeiro episódio, a série conta a história do casal Bardo e Fada, casados há 12 anos e pais de duas meninas. Dispostos a experimentar uma nova forma de relacionamento, há três anos eles resolveram abrir a relação e passaram a vivenciar diversos arranjos não monogâmicos até conhecerem Aline. Hoje, os três formam um triângulo feliz. “Hoje temos uma relação superavançada de poliamor. Três pessoas que se amam e procuram fazer o máximo possível para viverem juntas e felizes. Cada um na sua casa, vivendo o seu estilo de vida”, definem os três.