10.09.2020  /  12:36

Semana de moda de Milão acontece este mês com apresentações presenciais e digitais, e estreia de Raf Simons na Prada

Prada primavera-verão 2020 // Crédito: Getty Images

A Camera Moda Italiana, orgão oficial que organiza as semanas de moda de Milão, divulgou o calendário da próxima edição da fashion week italiana, que acontecerá logo mais, entre os dias 23 e 28 deste mês.

A temporada Verão 2021 terá um mix de eventos digitais e presenciais. Aliás, serão os primeiros desfiles ao vivo e em cores na cidade desde fevereiro. Apesar da ameaça de uma segunda onda da pandemia, com casos de coronavírus voltando a crescer após as férias de verão, grande parte das marcas optou pela realização de apresentações presenciais.

E o momento mais aguardado sem dúvida será a estreia de Raf Simons na co-criação da Prada, que acontecerá no dia 24, às 14 horas (9h do Brasil) e será um desfile analógico. A label ainda não divulgou maiores detalhes, se haverá convidados ou se será um desfile restrito.

A Valentino também anunciou que trocará Paris por Milão nesta temporada como estratégia que prioriza a segurança dos colaboradores e um menor deslocamento, já que a marca é baseada em Roma. “Paris é a cidade onde sempre hospedamos nossos desfiles e ela realmente incorpora o DNA de Valentino. A situação atual nos obrigou a tomar uma decisão incomum. Acredito que, neste momento, é de suma importância ficar com os pés no chão. Sinto-me energizado quando posso trabalhar com as ideias e esta é a hora de espalhá-las e crescer”, justificou o diretor artístico Pierpaolo Piccioli, em comunicado.

Entre as 24 marcas que vão se apresentar em Milão, também estão Missoni (digital), Fendi, Alberta Ferretti, Dolce & Gabbana, Emporio Armani, Tod’s, Marni e Versace.